Eudiane Macedo repercute caso de influenciadora agredida durante julgamento

A deputada estadual Eudiane Macedo (Republicanos) repercutiu o caso Mariana Ferrer no plenário da Assembleia Legislativa do RN, na manhã desta quarta-feira (4). O nome da influenciadora digital voltou ao noticiário depois da publicação de um vídeo que mostrava como a vítima foi tratada no julgamento do caso onde o empresário André de Camargo Aranha foi acusado de estuprar a Mariana Ferrer durante uma festa em Florianópolis em 2018.

“Aquela situação é algo humilhante para as mulheres. Naquela audiência, um momento que não tinha ninguém para defendê-la do advogado do réu e agressor e ela como vítima, passou a ser agredida”, pronunciou-se.

A deputada, que faz parte da Frente Parlamentar da Mulher, fez um breve panorama dos preconceitos vividos pelas mulheres. “Não podemos postar fotos nas redes sociais de biquíni ou se vestir da maneira que gostamos de nos vestir? Não é porque a mulher bebeu ou ingeriu alguma coisa, que essa mulher possa ter seu corpo invadido. Aquela atitude, exposta no vídeo, desencoraja outras mulheres que passam por essas situações”, disse.

E continuou. “Como não está essa jovem? E como não estão muitas mulheres que passam por essa mesma situação? Como fica o psicológico de mulheres que ainda aguardam o julgamento de seus agressores? É repugnante. Revoltante. E ainda desencoraja muitas mulheres. Não vamos desistir nunca”. O deputado George Soares (PL), que estava presidindo a sessão, somou-se ao pronunciamento da parlamentar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: