fbpx

Ex-babá acusa Tiririca de assédio sexual

Tiririca

O deputado federal Tiririca (PR-SP) foi acusado de assédio sexual por uma mulher que trabalhou como babá de sua filha. Maria Lúcia Gonçalves Freitas de Lima, 41, entrou com uma reclamação trabalhista e registrou ocorrência na 10ª Delegacia de Brasília. O deputado nega a acusação. Ele e sua mulher, Nana da Silva Magalhães, acusam a ex-babá de tentativa de extorsão.

Como o parlamentar distem foro privilegiado, o processo foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) e distribuído ao ministro Celso de Mello, retirou o sigilo dos autos. Segundo a denunciante, o assédio teria ocorrido em 24 de maio de 2016. Tiririca teria voltado bêbado de uma entrevista ao “Programa do Jô” e a agarrado na presença de assessores e de Nana, abaixando as calças e dizendo que faria sexo com ela.

Na versão de Tiririca e de sua esposa, Maria Lúcia teria tentado extorquir R$ 100 mil do casal na rescisão do contrato. Segundo eles, a funcionária foi demitida por consumir bebida alcoólica durante o expediente. As informações são da Agência Estado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: