fbpx

Ex-presidente do PT ataca Doria e chama tucano de ‘vagabundo’

Ex-presidente nacional do PT, o ex-deputado estadual Rui Falcão (SP) chamou o prefeito paulistano, João Doria (PSDB), de “vagabundo”. A ofensa foi proferida durante um evento do partido batizado de “inauguração popular” do viaduto que leva o nome da ex-primeira-dama Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A obra viária foi aberta ao público em 3 de janeiro,

Doria, crítico de Lula, não concordou com a homenagem, proposta pelo vereador Paulo Reis (PT) e aprovada pela Câmara Municipal em dezembro do ano passado. Marisa morreu há um ano em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O tucano considera “injusta a homenagem a alguém envolvido no maior escândalo de corrupção já registrado no País e que nunca morou na cidade nem jamais lhe trouxe qualquer benefício”, conforme disse na ocasião. O viaduto fica no Jardim São Luís, na zona sul paulistana. As informações são do UOL

Neste sábado, durante a inauguração, Falcão disse que foi “muito melhor” que Doria não tivesse inaugurado o viaduto. Para o político petista, a atitude do tucano revelou “sua pequenez, sua inveja”.

Ele ainda lembrou que Doria foi denunciado pelo MP (Ministério Público)acusado de usar “dinheiro público para propaganda pessoal”. “Esse prefeito vagabundo, coxinha, agora, teve o seu selo, a tal da ‘Cidade Linda’, proibida porque ele estava fazendo uso eleitoral”. A prefeitura ainda não se pronunciou a respeito da fala de Falcão.

O viaduto, porém, não é polêmico após pelo nome, mas também por sua estrutura. Moradores reclamam que ele não atende os pedestres.

Representantes do PT e de movimentos sociais, que também fizeram críticas a Doria, aproveitaram o evento para defender a homenagem à ex-primeira-dama e voltar a dizer que Lula é alvo de perseguição política.

“Dona Marisa foi assassinada pela intolerância nesse país”, bradou o ex-ministro Alexandre Padilha, um dos vice-presidentes do partido. “Deixem em paz essa família, deixem em paz a dona Marisa”.

No último dia 24, o petista teve confirmada sua condenação à prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um esquema de corrupção envolvendo a empreiteira OAS e a Petrobras. Com isso, Lula tornou-se inelegível em função da lei da Ficha Limpa, mas o PT irá registrar sua candidatura de qualquer forma em 15 de agosto. A aposta é que recursos jurídicos viabilizem a candidatura do petista.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: