fbpx

Fátima Bezerra prejudicou os Deputados Nelter, Albert Dickson, Sandro Pimentel e Coronel Azevedo com Emendas Parlamentares não executadas

A governadora do PT, Fátima Bezerra, que se perdeu no caminho do seu discurso de origem popular, e parece que fez questão claramente de prejudicar alguns deputados que não iam de encontro com seu governo no ano de 2021.

O relatório do TCE-RN, só foi concluído agora, e constatou que o Governo do RN deixou de executar cerca de R$ 14 milhões em emendas impositivas dos deputados. Com essa atitude, a governadora petista manda claro o recado que ela não luta em favor do povo do RN, mas luta em favor da sua patota, e quem não for do “clã”, é excluído de alguns benefícios do governo, apesar de que As emendas são um instrumento para que os deputados estaduais indiquem ações, projetos e obras que o Governo é obrigado a executar.

A execução das emendas parlamentares é obrigatória, segundo a legislação estadual em vigor. Além disso, das 436 emendas parlamentares, 52 (ou seja, 12%) não foram executadas sequer parcialmente, não tendo sido nem mesmo objeto de empenho. Segundo o voto, também ficou evidenciado “uma significativa disparidade entre os percentuais de execução de cada parlamentar”.

De Nelter Queiroz foi pago 68% e 5 emendas não foram executadas. Para o deputado Albert Dickson, pagou 57,12% e 8 emendas não executadas, já para Sandro Pimentel, a petista pagou 33,46% e 6 emendas não executadas. Finalizando com Coronel Azevedo, ocorreu apenas 25,09% do pagamento e 5 emendas não executadas.

A transparência que o governo Fátima não é capaz de fazer, mas o TCE-RN já adiantou para a governadora que a mesma deixou de cumprir o que é de obrigação dela. Dessa forma, a governadora não atinge os deputados, atinge o povo do RN.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: