fbpx

Fórum Nacional debate geração de energia eólica em alto mar

Parque eólico localizado no Rio Grande do Norte. — Foto: Igor Jácome/G1

A ‘indústria dos ventos’ brasileira já é consolidada com a produção onshore, em terra. Agora, o país vislumbra potencial para geração de energia eólica em alto mar: a offshore, que usa turbinas fixas ou flutuantes instaladas no mar. Os avanços do offshore eólico no Brasil e outros temas serão debatidos na 12ª edição do Fórum Nacional Eólico, maior evento técnico-político do setor no Brasil, que este ano será realizado de forma online em 3 de dezembro.

O evento também vai debater sobre veículos elétricos, tendências e expectativas de mercado para 2021/2022, o panorama mundial e expectativa de geração de negócios, bem como os desafios de comercialização pelo mercado livre.

Com mais de 600 parques eólicos instalados em seu território e 17 gigawatts (GW) de capacidade instalada, o Brasil assumiu a sétima colocação no ranking de produção de energia eólica mundial. Atualmente, 80% dos parques eólicos do país estão na região Nordeste, sendo o Rio Grande do Norte e a Bahia os maiores estados produtores.

A 12ª edição do FNE vai contar com a participação de pesquisadores, autoridades políticas e gestores, entre eles o senador e especialista em energia Jean Paul Prates; o presidente do Conselho de Administração da CCEE, Rui Altieri; o presidente da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE), Adalberto Maluf; o gerente de inovação da CPFL Energia, Rafael Moya; o diretor de ativos da Voltalia, Amaury Neto; o diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), Raniere Lima; entre outros convidados.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em www.cartadosventos.com.br.

12º Fórum nacional Eólico 2020

  • Data: 03 de dezembro de 2020 (quinta-feira)
  • Hora: início às 09h
  • Ambiente online
  • Inscrições gratuitas: www.cartadosventos.com.br

G1RN

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: