fbpx

Fumaça de incêndio no lixão incomoda até o prefeito do Assú

O famoso lixão da comunidade de Lagoa do Ferreiro em Assú, está queimando sem parar há mais de 15 dias e a fumaça toxica que exala do incêndio vem prejudicando a saúde dos moradores de diversos bairros podendo provocar doenças do aparelho respiratório de crianças, jovens e velhos que moram nas proximidades.

O prefeito Gustavo Soares, irmão do deputado estadual George Soares, que passa maior tempo em Natal e que aparece aqui e ali para dar expediente no seu gabinete da Cohab, demonstrou estar muito incomodado com a fumaça que vem do incêndio do lixão. Gustavo que é médico chegou em Assú para trabalhar, mas não conseguiu desempenhar suas funções com a fumaça na sua sala e chamou um funcionário para determinar uma investigação.

Doutor Gustavo queria saber quem estava colocando fogo próximo do seu gabinete, mas foi informado que a fumaça vem do lixão que está queimando há mais de duas semanas. O prefeito teve essa experiência por pouco tempo, mas quem está revoltado mesmo são os moradores  dos bairros, Meus Amores, Cohab, Alto São Francisco, Feliz Assú, entre outros que estão já ficando doentes.

Crianças e velhos são os mais afetados com a fumaça do lixão. As unidades de saúde da Prefeitura do Assú estão cheias de gente com sintomas de falta de ar, dor no peito, tosse, vermelhidão nos olhos, irritação na garganta, dor de cabeça e até vômitos e náuseas. O pior que quando eles procuram atendimento nas unidades de saúde do município, o governo de Doutor Gustavo não dispôe de medicamentos e de estrutura para amenizar esses sintomas.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: