Fumaça tóxica de lixão ameaça saúde da população abandonada em Assú

Um incêndio no lixão do Assú vem deixando a população do Assú abandonada e revoltada com a fumaça tóxica que cobre a cidade ha mais de 20 dias, sem que o governo do prefeito Gustavo Soares, irmão do deputado estadual George Soares, tome qualquer providência para conter ou combater o fogo que libera gases atmosféricos prejudiciais a saúde e configuram-se como atividade que é lesiva ao meio ambiente e à saúde dos seres humanos.

O ex-candidato a vereador do MDB, aliado do governo municipal e dono de farmácia Renato Dias, não suportando mais a fumaça que vem do lixão e o descaso da Prefeitura do Assú, já que sofre de asma, fez um apelo ao prefeito Gustavo Soares, para adotar medidas para debelar o incêndio na cidade que realizará este mês, a festa do São João. Na postagem, ele diz que foi a Prefeitura fazer a reclamação, mas eles alegam que o carro pipa que poderia apagar o incêndio está quebrado. VEJA AQUI O DEPOIMENTO DRAMÁTICO DE RENATO

O empresário Renato Dias lamenta que a Prefeitura do Assú possa gastar mais de R$ 2 milhões com a festa do São João, com a contratação de Aviões do Forró e outras bandas e cantores famosos, além de estrutura de palco e som, não tenha condições de apagar o fogo no lixão, alegando que o carro está quebrado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: