Gás de cozinha sobe e deve atingir R$ 73

O valor do botijão de gás de cozinha comum, tecnicamente chamado de GLP-P13, está 8,5% mais caro nas refinarias. O percentual de reajuste foi anunciado pela Petrobras nesta segunda-feira, 5, e entrou em vigor nesta terça-feira, 6.

No Rio Grande do Norte, conforme estimativa do Sindicato dos Revendores Autorizados de Gás GLP do Estado do Rio Grande do Norte (Singás/RN), o valor médio  ao consumidor deverá subir dos atuais R$ 68 para R$ 73 ao longo desta semana.

“Esse é o maior aumento percentual do ano. É um valor absurdo. Ao invés da Petrobras manter ou até mesmo reduzir o valor, visto que o valor do dólar reduziu, aumenta o preço do GLP na refinaria. Eu sou contra essa política de preços da Petrobras com base no mercado externo, pois o gás é produzido e envasado no Brasil”, destacou o presidente do Singás/RN, Francisco Correia. Ele declarou que, com o mais recente aumento, as vendas reduzam progressivamente ao patamar de 7%. “Há uma grande queda no consumo logo após o aumento. As pessoas reduzem o uso do fogão e diminuem a aquisição de gás”, afirmou Correia.

Em nota, a Petrobras informou que o preço de venda, na média nacional, sem tributos, nas refinarias da Petrobras, será equivalente a R$ 25,07 para envase em botijão de 13 quilos. Com isso, acumulará alta de R$ 0,69, ou 2,8% desde janeiro, quando passou a ter reajustes trimestrais.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: