GASTANÇA DESORDENADA: Prefeito de Itajá gasta mais de 3 mil reais por dia de combustível em posto fora da cidade

Resultado de imagem para alaor prefeito itaja
O prefeito do município de Itajá, Alaor Pessoa, que é genro do ex-prefeito Gilberto, vem sorrindo à toa com a gastança que está fazendo com o dinheiro público. Para quem não conhece Alaor, ele viveu sua maior parte da vida em Assú e só foi candidato em Itajá porque o sogro estava mais queimado que fogueira de São João.

Desde que Alaor assumiu a prefeitura, tem sido um fantoche nas mãos do ex-prefeito Gilberto, que foi condenado esse ano pelo Conselho Nacional de Justiça pela prática de ato de improbidade administrativa, por ter contratado e mantido em seus quadros funcionais, pessoas próximas e sem a qualificação necessária.

Alaor segue aprendendo na escola da maracutaia com dois professores, um é o sogro e o outro é o deputado George Soares, que não perde a chance de indicar os “seus” para prestar serviço na cidade de Itajá.

O blog do VT andou pesquisando alguns gastos da prefeitura de Itajá, e dessa vez encontramos a empresa da patota dos Soares, o Posto florestal em Assú, que ganhou em Setembro de 2018 e adicionou aditivos até dezembro de 2019, e vai faturar um pouco mais de 943 mil reais, gastando um pouco mais de 58 mil por mês de combustível.

O que mais espanta, é a farra com o dinheiro público e sem falar na distância que é de Itajá para o posto florestal, como se existisse apenas esse Posto para abastecer, já que cada carro que vai abastecer percorre 13 km de ida, e mais 13km de volta, só ai são gastos 26km para cada carro, no fim de um ano, será gasto um valor absurdo e quem sai prejudicado é a população, que vê seu dinheiro indo pelo ralo, sem ser investido em ações concretas que beneficiem o povo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: