fbpx

General do Exército diz que “ministro que muda de opinião é comparsa”

O general da reserva Paulo Chagas também usou as redes sociais para se manifestar sobre o julgamento do ex-presidente Lula. Pelo Twitter, ele mandou um recado para os ministros do Supremo. “Ministro que muda de opinião para beneficiar criminoso, não é Ministro é comparsa!”, escreveu o general. “Corte que muda de decisão para beneficiar criminoso, não é Corte é quadrilha!”, complementou.

O Supremo julga hoje o HC do ex-presidente Lula, que pode livrá-lo da pena de prisão em regime fechado imposta pelo TRF-4. Lula foi condenado no caso do triplex do Guarujá. O ministro Gilmar Mendes, por exemplo, votou pela concessão do HC, mudando seu entendimento sobre prisão após condenação em segunda instância. As informações da Coluna do Estadão.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: