George Soares quer desmoralizar vereadores do Assú que anunciaram apoio a Jácome

Os vereadores Júnior Trapia (PSB), Paulinho de Marlene (PSD) e Paulo Brito (PP), á esquerda na foto, devem desistir de apoiar Jácome

O deputado estadual George Soares, do PR, quer mesmo desmoralizar pelo menos quatro vereadores do bloco governista Júnior Trapia (PSB), Paulinho de Marlene (PSD), Paulo Brito (PP) e o atual presidente da Câmara Municipal do Assú João Wálace (PR), que praticamente ja anunciaram apoio ao deputado federal e pré-candidato a senador pelo Podemos Antônio Jácome, foram pressionados a desistir do apoio do pré-candidato a senador na chapa encabeçada pelo pré-candidato a governador pelo PDT, Carlos Eduardo Alves.

Apesar do seu pai e cacique do clã, anunciar na reunião do Pataxó, que o deputado estadual George Soares, vai montar em Assú palanque para Carlos Eduardo, o veto dos Soares a pré-candidatura de Antônio Jácome e a defesa de apoio ao nome da pré-candidata a senadora pelo PHS Zenaide Maia, irmã do presidente regional do PR João Maia – desrespeita o segmento evangélico e os vereadores que agora terão de recuar para não sofrer a ira da retaliação política do deputado.

O presidente da Câmara de Vereadores do Assú João Wálace, membro da Igreja Assembléia de Deus e que vinha conversando com Jácome para apoiá-lo, levou um batido grande do comandante Ronaldo Soares, pai do prefeito e do deputado do PR – que inclusive lembrou a Walace, “voce é hoje presidente do legislativo por causa de mim”. O clã dos Soares defende voto fechado da bancada governista para Zenaide Maia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: