Gestão de Gustavo faz maquiagem para ter supostamente 80% de aprovação com histórico de eleições bem arrochadas

Uma análise que precisa ser feita, é sobre a eleição de 2020, em que o prefeito Gustavo Soares quase não se reeelege por 5 votos mesmo tendo 80% de aprovação, segundo pesquisas que eles mesmo divulgavam, ou seja, uma verdadeira maquiagem, como aconteceu na eleição de 2012 em que apontava George como vitorioso, mas que perdeu a eleição por mais de dez mil votos de diferença.

Depois de 2 anos, em 2022, o cenário não mudou, o grupo situacionista viu como foi difícil garantir os 15 mil votos para a reeleição de George, e a oposição apostou no carisma de Dra. Vanessa Lopes e garantiu 15 mil votos e sendo a candidata a deputada federal mais votada, as balanças continuaram equilibradas.

De lá pra cá, o prefeito Gustavo garante que suas pesquisas de histórico duvidoso são verdadeiras e que ele continua com 80% de aprovação, mas se fosse assim, não estaria tendo seu candidato Lula Soares perdendo nos cenários em que disputa com a oposição.

O que se percebe nos bastidores são os vereadores situacionistas  e aliados nervosos, atacando a oposição nas redes sociais, e batendo boca em esquinas, querendo calar a boca de quem tem opinião divergente das que eles imaginam.

A tensão no grupo de George revela uma instabilidade ocasionada pela falta de carisma de Lula, aliada ao desgaste natural de mandatos do prefeito Gustavo e do deputado George, uma oligarquia 100% machista.

No grupo oposicionista, se tem a união de três nomes, Ivan, Vanessa e Fabielle, que estão alinhando as diferenças para que em 2024 tenham vitórias nas urnas, e o povo seja libertado da escravidão dos Soares.

O cenário está se desenhando, basta ler os sinais, independente de paixão dos eleitores de um lado e do outro, é necessário enxergar a política de maneira analítica, sem menosprezar ou ignorar as intercorrências políticas que acontecem, afinal, nada é mais dinâmico do que a política.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.