fbpx

Governo do RN confirma primeiro caso de mucormicose em paciente do estado que teve Covid

Segundo médicos indianos, casos de mucormicose estão se tornando mais numerosos no país, especialmente em mais jovens — Foto: Getty Images via BBC

O primeiro caso de infecção por mucormicose em um paciente que teve a Covid-19 foi registrado no Rio Grande do Norte. A informação foi divulgada, nesta segunda (7), pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

De acordo com a Sesap, a paciente é uma mulher, de 42 anos, de Natal, que fez uma biópsia que confirmou a ocorrência do fungo. Ela encontra-se em tratamento , internada em um hospital da capital.

A equipe de vigilância da Secretaria Municipal de Saúde de Natal e da Sesap estão acompanhando o quadro, avaliando os exames, o histórico de movimentações da paciente e sua situação clínica atual.

Um surto de mucormicose entre pacientes de Covid-19 na Índia registrado nas últimas semanas tem chamado a atenção do mundo. Causada por fungos da ordem Mucorales, a doença pode acometer os pulmões e mutilar os seios da face.

Infectologista explica como a mucormicose pode ser fator de risco em pacientes com Covid

Paciente se recupera bem

De acordo com Juliana Araújo, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde do município de Natal, a paciente teve Covid da forma leve. “Nesse período ela notou uma afta na região do palato que não teve melhora. Ela foi encaminhada para o serviço de saúde para possível tratamento e, de lá, foi encaminhada para os hospitais de referência”, explicou.

Segundo ela, a paciente reage bem ao tratamento e há previsão de alta nos próximos dias.

G1RN

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: