fbpx

‘Governo pode muito, mas não tudo’, diz Moro sobre suspensão de indulto natalino

O juiz federal Sergio Moro e procuradores da força-tarefa da Operação Lava-Jato em Curitiba elogiaram a decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, que suspendeu parcialmente nesta quinta-feira o decreto presidencial, cujo texto afrouxava regras para a concessão de indulto natalino a presos condenados. A medida foi editada pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira.

— Decisão acertada da ministra Cármen Lúcia. O governo pode muito, mas não pode tudo — disse o juiz da Lava-Jato ao GLOBO.

O procurador Deltan Dallagnol destacou a “atuação rápida e adequada” do STF na decisão tomada horas após a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, entrar com Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra o decreto.

— É preciso reconhecer a atuação rápida e adequada do Supremo em proteger a sociedade do abuso do poder de indultar, exercido em favor de corruptos e colarinhos brancos pelo presidente Temer, expressando a nossa confiança de que o Supremo endossará a liminar quando julgar o mérito da ação — observou o procurador.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: