Governo Robinson construiu duas escolas, uma sem água e a outra sem rede elétrica, acusa George Soares

Resultado de imagem para robinson e a secretaria de educação
George Soares, o ventríloquo do PT, faz denúncia grave contra o ex-governador e a sua secretária de Educação por construção construção de escolas sem as minimas condições de aprendizagem

Enquanto o genro do dono do SBT e deputado federal Fábio Faria, vivia no ano passado batendo palmas e aplaudindo, o deputado estadual George Soares, do PR, com ajuda valiosa da sua assessora pessoal Estela Dantas, irmão e homem de confiança do atual chefe de gabinete civil do governo Fátima Bezerra, o secretário Raimundo Alves – hoje, o irmão do prefeito do Assu Gustavo Soares e aliado do presidente do PR/RN e deputado João Maia, fala cobras e lagartos em Assú, usa os microfones das emissoras de rádio, para atacar o ex-governador Robinson Faria.

O filho Fábio Faria, parece não sentir nenhuma rejeição a algoz do seu pai, já tendo inclusive até dito que ia subir no palanque dele e do seu irmão para prejudicar Ivan Júnior na campanha para prefeito do Assú em 2020. Fábio Faria gosta mesmo de quem não respeita o seu pai e o trabalho dele para melhorar a cidade, mesmo com as dificuldades financeiras, mas isso é uma covardia que não tem classificação ou análise, fica a cargo pessoal do deputado federal aceitar ou não, como verdadeiras, as acusações de George Soares contra seu pai.

Com sua língua afiada de bajulador da governadora do PT, o deputado George Soares, está fazendo questão de denegrir o ex-governador Robinson Faria para agradar os xiitas do partido e do PC do B que não o engolem como líder do governo de esquerda e da centenária oligarquia dos Soares no Vale do Açu.

Segundo George, no governo de Robinson com dinheiro do Banco Mundial, foram construída duas escolas. Uma sem água potavel encanada e a outra sem instalação elétrica. E fez uma denuncia grave: o governo Robinson Faria contratou e alugou um carro que era abastecido diariamente com 30 litros nos postos de gasolinas, sem que ninguém soubesse que era pessoa contratada e que o veículo foi abandonado próximo ao Centro Administrativo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: