Governo Temer já avalia distribuir cargos do PSDB na Esplanada

Resultado de imagem para temer

Com parte significativa da bancada do PSDB na Câmara pressionando para que o partido desembarque do governo federal, o Palácio do Planalto já avalia como distribuir os cargos ocupados atualmente por tucanos, segundo o blog do jornalista Gerson Camarotti, do portal G1.

A bancada do partido na Câmara pretende se reunir tão logo o ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se manifeste na ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, o que deve acontecer nesta noite. A ação foi proposta pelo próprio PSDB, derrotado na eleição de 2014.

Nas alegações finais do processo, o partido excluiu as acusações contra Temer, pedindo a absolvição do peemedebista. Contudo, após a delação da JBS colocar o presidente no centro das denúncias de corrupção, os tucanos ficaram divididos quanto ao apoio.

A estratégia da distribuição de cargos, considerada um “plano B” pelo Planalto, é fortalecer os cerca de 220 deputados que compõem o “núcleo duro” na Câmara. Esse grupo é considerado fundamental porque, se a Procuradoria Geral da República denunciar Temer, uma comissão da Câmara precisará analisar o pedido e, em seguida, o plenário da Casa.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: