Governo Trump quer mandar homem à Lua de novo

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, afirmou nesta quinta-feira que o governo americano pretende enviar humanos de volta à superfície da Lua. Em um discurso ao Conselho do Espaço Nacional, o vice de Donald Trump disse que considera o satélite um “degrau” para a exploração mais ampla do Sistema Solar.

— Nós mandaremos de novo astronautas à Lua. Não só para deixar pegadas e bandeiras, mas para construir as bases que precisamos para enviar os americanos para Marte e além — enfatizou Pence, recebendo muitos aplausos.

Pence destacou que política espacial dos EUA perdeu a sua vantagem e precisa se reafirmar. Ele já havia dito algo semelhante quando visitou o Centro Espacial Kennedy, em julho, mas, na ocasião, o político foi menos específico quando a possíveis missões em solo lunar.

O discurso de hoje dá pistas de qual direção a Nasa deve tomar após a Casa Branca finalmente indicar o novo administrador do órgão. Tudo indica que o escolhido de Trump para o cargo é o republicano Jim Bridenstine, de Oklahoma, mas isso ainda não foi confirmado pelo Senado.

— O presidente nos encarregou de estabelecer as bases para que os Estados Unidos mantenham uma presença humana comercial constante na órbita terrestre. A partir daí, voltaremos nossa atenção para nossos vizinhos celestiais — disse Pence, durante seu discurso, realizado no Museu Nacional Smithsonian do Ar e do Espaço, no estado da Virginia.

No entanto, o vice-presidente não apresentou um cronograma ou números sobre financiamento.

O presidente da administração anterior, Barack Obama, rejeitou a Lua como destino de retorno.

— Nós já estivemos lá — dizia ele, sem rodeios, durante seu governo.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: