Hermano Morais comenta índice negativo do Estado no CAGED

O deputado estadual Hermano Morais (MDB) parabenizou em pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (29), na Assembleia Legislativa, o professor José Daniel Diniz Melo, que ontem foi empossado reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O parlamentar também usou o seu horário para relatar o resultado do índice que o RN apresenta no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

“Essa semana foi divulgado mais um relatório onde o Estado apresenta, pela quarta vez seguida, um índice negativo no cadastro geral de empregados e desempregados. Dos 23 estados, apenas 4 apresentaram o índice negativo e o RN é um deles”, relatou Hermano.

O parlamentar comentou que, segundo o CAGED, o balanço do emprego com carteira assinada registrou saldo geral negativo de menos 501 vagas no mês de abril e as principais influências para este resultado vieram da Agropecuária e do Comércio.

Segundo ele, o Brasil tem conseguido manter um saldo positivo, mas o RN não. “Ao ler esse relatório eu fiquei muito preocupado e verifiquei que, somados os quatro meses, nós perdemos mais de 6.000 postos de trabalho. Isso exige mais ação, mais ousadia a partir da potencialidade que tem o nosso Estado ” disse o deputado.

Ainda em seu pronunciamento, o parlamentar destacou que tomou conhecimento pela impressa do resultado de uma audiência que a governadora Fátima Bezerra (PT) teve com a direção da Petrobras, oportunidade em que foi anunciado pela estatal um investimento esse ano no estado do Rio Grande do Norte da ordem de U$ 200 milhões de dólares. “Esperamos que isso seja investido em postos de trabalho e venha de forma positiva potencializar o nosso Estado”, ressaltou Hermano.

Em aparte, o deputado Coronel Azevedo (PSL) enalteceu o pronunciamento de Hermano e demonstrou preocupação com a administração estadual. “Parabenizo a Petrobras e ao governo Bolsonaro, estamos em um novo momento, mas o RN está na contramão”, falou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: