ILÍCITO E IMORAL: Prefeito do Assú usa carro oficial em serviços particulares


O fantoche de prefeito, Gustavo Soares, na maior cara de pau, usa o carro oficial da Prefeitura para serviços particulares, que não tem nada a ver com a agenda do município, mas como o prefeito é mais folgado do que “bolso de paletó”, quando vai atender em plantões em Mossoró ou Natal, utiliza o carro pago com dinheiro do assuense.

Numa clara violação ao princípio da indisponibilidade administrativa, que consiste numa imoralidade, onde se confunde o público com o privado, fato peculiar a administração desastrosa do turista na terra dos poetas, o prefeito usa e abusa do ato ilícito e que causa revolta na população.

Mas o Ministério Público já deve estar de olho, pois como guardião da probidade administrativa e da moralidade, deve investigar além do uso para fins particulares, se o carro é abastecido com combustível pago pelo contribuinte, e caso comprovado, pode além de gerar um processo de improbidade, o prefeito Gustavo poderá ser multado, e obrigado a devolver os valores utilizados, já que foram de forma indevida.

Informações que chegam ao Blog do VT, é que supostamente em uma dessas atividades que nada tem a ver com o cargo de prefeito, ele usou o carro, e na volta, o motorista capotou o carro, e o que se comenta na cidade, é que ninguém saiu ferido, mas nenhuma informação oficial dá conta de quem estava dirigindo, e nem se o prefeito estava no carro ou não, na hora do acidente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: