fbpx

João Maia não digeriu traição de George Soares que o abandonou no seu pior momento político

Quem acha que o deputado federal João Maia engoliu a traição de George Soares, está muito enganado, as informações que chegam ao blog dão conta que a situação é delicada, e o climão entre eles é dos piores.

Em 2009, George e Ronaldo foram recebidos por João Maia no partido, no linguajar popular “com uma mão na frente e outra atrás”, e receberam toda atenção de João.

Na época, João confidenciou a Ronaldo de que estava levando seu filho mas que o devolveria como deputado estadual, e realmente cumpriu a promessa, pois garantiu tanto financeiramente como politicamente, dinheiro e apoio para que George conseguisse ser eleito, e depois de 12 anos, ele resolve abandonar o barco num momento delicado.

O momento delicado é que João está enfraquecido politicamente, e com a saída de todos os deputados com mandato, ficou mais dificil ainda dele conseguir um lugar de destaque nessa eleição.

Mas como as histórias se repetem, George só seguiu o exemplo que teve dentro de casa, quando Ronaldo traiu José Agripino. Agora resta saber se essa traição vai valer a pena, pois o cenário da reeleição de George não é dos melhores, e basta qualquer turbulência para piorar ainda mais sua posição na disputa pela reeleição na Assembléia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: