fbpx

José Adécio recebe dossiê da Adepol e fará pronunciamento sobre dificuldades enfrentadas pelos policiais

O deputado José Adécio recebeu na manhã desta quarta-feira(30) a presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil do RN, Paoulla Maués, que apresentou, em forma de dossiê, a realidade da instituição, que sofre com a falta de efetivo e precárias condições de trabalho.

Paoulla Maués ainda disse que diversas investigações policiais estão prejudicadas e exemplificou: “No Itep, não há nenhum psiquiatra forense, justamente o profissional que, por exemplo, ouve criança ou adolescente vítima de violência sexual. Isso é um absurdo. São muitas dificuldades e se isso continuar a Polícia Civil ficará paralisada.”, alertou a delegada.

José Adécio ouviu a representante dos delegados de Polícia Civil, demonstrou sua solidariedade e disse que irá ler o documento com toda atenção e fará um pronunciamento no Plenário da Assembleia sobre o assunto. 

“Diante dessa situação de insegurança que vivemos, e eu já falei sobre isso diversas vezes no Plenário, reuniões pelo interior do Estado e por meio de entrevistas à imprensa, não se pode aceitar que os policiais não tenham as mínimas condições dignas de trabalho. Já tinha conhecimento de alguns pontos dessa situação, mas agora fui muito bem informado pela doutora Paoulla. Conversarei com o governador Robinson Faria sobre isso e as polícias podem ter certeza que têm meu apoio, para que possam trabalhar ainda mais pelo nosso Estado”, disse o deputado.

Recentemente, a Adepol RN lançou a campanha “A Justiça começa na Delegacia”, como forma de tornar pública a situação da instituição e tentar sensibilizar o executivo estadual, no sentido de conquistar avanços que garantam uma prestação de serviço de qualidade à população.

Assessoria de Comunicação do deputado José Adécio

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: