Jucá diz que minuta de MP sobre reforma trabalhista será apresentada aos senadores nesta quinta-feira

Resultado de imagem para juca

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou nesta quarta-feira que irá apresentar, na quinta-feira pela manhã, uma minuta do texto para a Medida Provisória que irá alterar a reforma trabalhista aprovada na noite de terça. Jucá disse que a minuta será enviada a todos os senadores e aos relatores da reforma trabalhista e que não será colocada de volta a contribuição sindical.

O senador reafirmou o compromisso do governo em fazer a MP sobre trabalho intermitente, gestantes e lactantes e jornada. Jucá se ausentou do Senado durante a tarde desta quarta-feira pois estava, segundo ele, fechando o texto da MP com a Casa Civil. Ele disse já ter debatido o tema com o relator da matéria na Câmara, Rogerio Marinho (PSDB-RN), com o Ministério do Trabalho e com outros setores do governo. As informações são de O Globo.

— Eu estava com o governo discutindo a MP que vamos editar para compor a reforma trabalhista. Nós ouvimos o Ministério do Trabalho, o deputado relator da Câmara e diversos setores do Governo. E amanhã pela manhã eu terei uma minuta de texto, que será encaminhada aos senadores e, mais do que isso, ao senador Ricardo Ferraço, que foi fiador e que foi parte desse acordo — disse.

Jucá destacou, no entanto, que não haverá na MP a volta da contribuição sindical:

— O governo vai manter a sua posição e vai colocar para a avaliação do Congresso. O governo cumprirá a sua parte. E irá discutir aqui emendas e outras questões. Quero registrar que não há nosso compromisso com a colocação de volta da contribuição sindical, de forma nenhuma. Isso não foi o acordado. Se algum parlamentar quiser isso, faça emenda na Câmara, e lá se discuta essa questão. Não é proibido discutir — pontuou Jucá.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: