Juiz dá 8 dias para Lula se manifestar no caso do sítio e ação seguir para o TRF-4

Juiz federal Luiz Antonio Bonat Foto: Divulgação / Justiça Federal do Paraná

Um dia depois de o Superior Tribunal de Justiça ( STJ) reduzir a pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, abrindo a possibilidade de ele requisitar regime semiaberto ou prisão domiciliar a partir de setembro, o juiz federal Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal, abriu prazo de 8 dias para que as defesas se manifestem na ação penal em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão por supostas reformas no sítio de Atibaia.

Após a manifestação das defesas sobre o recurso da força-tarefa, o magistrado vai enviar o caso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Lula foi condenado por obras feitas no sítio de Atibaia em fevereiro passado e, desde então, o processo estava em fase de apelação, ainda na primeira instância. A defesa do ex-presidente optou por apresentar apelação à sentença, de 12 anos e um mês de prisão, diretamente ao TRF-4. Outros seis condenados na ação também apresentaram apelação à sentença.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: