Juíza do TRT autoriza Petrobras a descontar contribuição sindical

A juíza da 9ª Vara do Trabalho de Natal Lygia Maria de Godoy Batista Cavalcanti, determinou em decisão liminar que a Petrobras desconte da folha de pagamento dos trabalhadores, filiados ao Sindipreto/RN, valor referente ao pagamento mensal da contribuição voluntária ao sindicato.

A juíza decidiu ainda que em caso de descumprimento, a estatal deverá pagar multa diária de R$ 10 mil, em favor do sindicato, dentro de um limite de 30 dias..

A magistrada destaca que a medida deve ser realizada somente para os trabalhadores que tenham autorizado o desconto, nos mesmos moldes e critérios praticados ao longo do ano de 2018 e em observância às disposições das normas coletivas da categoria.

A liminar atende a um pedido de suspensão dos efeitos do art. 2º, da MP 873/2019, editada pelo Governo Federal, feito pelo Sindipetro/RN.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: