fbpx

Justiça manda Carlos Eduardo retirar vídeos com dados inverídicos e acusações contra Rogério Marinho

O candidato a senador Carlos Eduardo (PDT) sofreu mais uma derrota na Justiça Eleitoral nesse domingo. O juiz auxiliar do TRE-RN determinou que o candidato se abstenha de exibir propaganda irregular que menciona crescimento de 46% nas pesquisas de intenção de voto como também depoimento de um homem que culpa Rogério Marinho por não conseguir o benefício da aposentadoria.

Na decisão, o magistrado considerou que: “por todo o exposto, vislumbro presente o fumus boni iuris, porquanto a propaganda eleitoral despeitou as normas que regem a matéria, bem como o periculum in mora, tanto pela proximidade do Pleito que se avizinha, quanto pela possibilidade de desequilíbrio na disputa eleitoral em se deixando programas como estes no ar”.

Com isso, foi deferido o pedido liminar para suspensão desses programas.

Com informações de Justiça Potiguar

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: