fbpx

Licenciamento pode ser pago sem reajuste até 30 de março

Após 13 anos sem reajuste, o licenciamento de veículos no RN passa, a partir de 30/03, a ser 50% mais caro do que o valor de 2017

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran-RN) prorrogou até o dia 30 de março o prazo final para que os proprietários de veículos automotores paguem o licenciamento válido para este ano de 2018 com valores iguais aos pagos no ano anterior. Após 13 anos sem reajuste, o licenciamento de veículos automotores passa em 2018 a ser 50% mais caro do que o ano passado, no Rio Grande do Norte. O licenciamento, que não sofria qualquer tipo de correção desde 2005, sai de R$ 60 para R$ 90.

Anteriormente, quando divulgou o calendário de pagamentos, no início deste mês, o Detran havia fixado o dia 5 de março como prazo final para se quitar a taxa com o economia de R$ 30. A partir do dia 1º de abril, os valores do licenciamento saltarão de R$ 60 para R$ 90. Logo em fevereiro, dependendo da terminação da placa do veículo, os pagamentos já começam. Dia 19 de fevereiro é a data de vencimento para os veículos com placas em terminação “1”.

A última placa no calendário do licenciamento é a de terminação “0”, sendo o dia 5 de junho o vencimento de veículos com identificações terminadas nesse algarismo. Segundo o coordenador financeiro do Detran-RN, Júlio César Moreira, contudo, “quanto mais rápido se quitar o licenciamento melhor, porque o motorista evita dores de cabeça e ainda economiza R$ 30”. Ele lembra que, mesmo com o reajuste deste ano, a taxa de licenciamento de veículos do Estado continua sendo a menor do país, ficando abaixo da média entre os estados nordestinos, que é cerca de R$ 110. Estados vizinhos, como a Paraíba e Ceará, possuem valores bem superiores: R$ 140,22 e R$ 118,33, respectivamente.

De acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial de aferição das metas inflacionárias do Governo Federal, a inflação acumulada no período de 2005 a 2017 supera os 73%, no entanto, o reajuste do licenciamento veicular contemplou uma reposição abaixo desse índice, no caso, de 50%. Júlio César Moreira alertou que aqueles que desejarem quitar o licenciamento sem o reajuste podem fazer emitindo o boleto de pagamento diretamente no site do Detran, sem a necessidade de esperar o carnê que vai sendo emitido de acordo com final das placas dos automóveis. “No site do Detran já consta os boletos de licenciamento, seguro obrigatório e IPVA atualizados, basta o cidadão emitir a guia e efetuar o pagamento”, explicou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: