Líduina volta a espalhar terror no hospital após denúncia da ‘máfia de médicos’ em Assú

Após denunciar uma suposta quadrilha de médicos e enfermeiros que agem como mafiosos na venda e compra de plantões, assim como a venda de cirurgias do SUS, no Hospital Regional Dr Nelson Inácio em  Assú, a enfermeira e ex-diretora Líduina Melo que foi exonerada do cargo de direção sem uma advertência disciplinar como funcionária do Estado, votlou a trabalhar como se não tivesse dito nada de grave.

Líduina Melo que afilhada especial do secretário Nuilson Pinto, vulgo Pavao, e tem o apoio do prefeito do Assu Gustavo Soares e do deputado do PR e líder do governo do RN na Assembléia George Soares, voltou a dar plantão no hospital regional e a espalhar terror pelos corredores da unidade estadual de saúde, com a suposta nomeação de um filho dela para gerir o hospital.

Para deixar todo mundo amedrontado, Líduina tem dito que o atual diretor interino Andriério Lopes Pereira Sobrinho que responde também como diretor administrativo, será substituído por um dos seus filhos filhos que segundo ela, já recebeu garantiu dos irmão Soares, para assumir a direção, o que na prática significa a volta dela ao comando da unidade hospitalar.

Hoje, Liduina está mais forte. Afinal, ela não foi advertida sobre o que disse ou falou na Princesa FM e os irmãos Soares com medo de uma delação do Pavão, apoiam a ex-diretora que conta ate com o aval da secretária municipal de Saúde Viviane Lima.

Em Tempo: De que médicos e enfermeiros tem medo? De Liduina ou dos Soares? Eles integram ou não a citada máfia de plantão?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: