Lucianny Guerra faz duras críticas a Prefeitura do Assú que recebeu mais de R$ 700 mil extras e não houve prestação de contas a população


A ex secretária de saúde municipal do Assú, Lucianny Guerra, que passou 06 anos dirigindo essa pasta que lida com muitos problemas, participou de programa na 89 FM, fez algumas sugestões e duras críticas a atual gestão, ao afirmar que a população está sofrendo por falta de fluxo, de direcionamento e de organização de serviços, confira ao fim da matéria os áudios na íntegra.

A ex secretária ainda criticou a entrevista do deputado George Soares, e sugeriu que o parlamentar fosse a Assú, visitar as unidades de saúde e conversar com os servidores efetivos, ouvir deles a realidade de tudo que eles estão passando, pois não tem equipamentos de proteção para os pacientes e material de limpeza suficiente.

Lucianny foi corajosa e enfática, afirmou que esse mundo que George e Gustavo falam nas rádios não existe, os funcionários da saúde estão adoecendo e não estão sendo substituídos, e tudo isso é preocupante nesse período emergencial e crítico, sequer existem contratos temporários para atender esse momento de pandemia.

Outro ponto importante foi que ela mostrou que de 30 de março até 09 de abril, entrou mais de R$ 700 mil reais extras, pois desses valores teve participação de deputados que até o momento a Prefeitura não divulgou, e sequer prestou contas desse dinheiro, ninguém fala do que foi adquirido com esses recursos.

Falta direção na gestão em Assú: “como em momento de pandemia coloca de recesso a vigilância epidemiológica? “, indagou a ex secretaria, expondo que nessa pandemia ação é algo crucial, e que escalas poderiam ter sido feitas, ao invés de deixar a população descoberta.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: