Lula não cogita mais escolher uma mulher para o Ministério da Justiça

O sucessor de Flávio Dino no Ministério da Justiça e Segurança Pública não foi escolhido por Lula, mas a tendência é que nenhuma mulher seja convidada para o posto.

Lula chegou a sondar a presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann, que negou o convite por não se ver no papel e por preferir ficar à frente do partido. A conversa entre os dois ocorreu em novembro.

Não há notícia de que a ministra do Planejamento, Simone Tebet, tenha conversado com Lula sobre a possibilidade de ocupar o lugar de Dino, apesar de a hipótese ter sido abordada na imprensa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.