MACABRO: Ronaldo Soares age como um louco na política de Assú

A vida pública de Ronaldo Soares, o maior ficha suja da história da cidade do Assú, sempre foi marcada pela perseguição e ameaças, onde ele mandava seus lambaios fazerem o trabalho sujo, contra aqueles que eram oposição ao seu projeto de poder, ou até mesmo aqueles que em algum momento divergiam do modo assistencialista que ele governava a cidade, impedindo seu crescimento, e fazendo com que todos fossem refém das migalhas do poder público.

Sempre se escondendo através de pseudônimos, Ronaldo Soares – que hoje encapuza-se através da alcunha de ERIDU, onde faz seus ataques pessoais e políticos a quem não reza em sua cartilha ou discorda do seu projeto político tirano e tresloucado que não aceita discordância – quer posar de bom moço mesmo depois de ter assaltado a prefeitura em mais de 4 milhões de reais.

Hoje, depois de quase 12 anos que foi expulso da vida pública pelo povo do Assú, Ronaldo Soares insiste em se manter no poder – megalomanico que é com mania de grandeza – é dito nos bastidores de algumas seletas rodas de conversa, que ele na calada da noite se dirige a prefeitura e ao centro administrativo e fica passeando pelos corredores observando a sala do filho prefeito e dos secretários e gargalhando como um louco, e que alguém que o acompanhou, ao ver a cena e se tremendo de medo foi até seu encontro e perguntou se estava acontecendo alguma coisa e o mesmo disse que gargalhava porque todos ali estavam na sua mão, bastava uma só ordem para demitir a quem quer seja, em uma postura totalmente macabra.

A sede de Ronaldo pelo poder está beirando a níveis de loucura total, quando vai a rádio ninguém pode fazer uma pergunta que já leva para o lado pessoal com ataques a pessoa, conduta típica de ditador que impõe o seu querer e não aceita ser criticado, demonstrando ser totalmente avesso a democracia.

E o mais triste dessa história da centenária oligarquia, é que os anos estão passando e ao invés dos filhotes do Jacaré adotarem uma postura democrática e agirem como políticos da “boa politica”, pensando no bem comum como diria Aristóteles, já que exercem cargos importantes a nível estadual, eles estão a cada dia mais infectados com a mania de grandeza e a maldade contra o próximo que é a marca registrada do macabro Ronaldo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: