fbpx

Mais de 2000 pessoas beneficiadas no Assú com sistema do programa Água Doce

A comunidade Panon II, em Assu, recebeu, esta semana, um sistema de dessalinização que vai beneficiar com excelente água de qualidade mais de 400 famílias da localidade. O ato de entrega, que aconteceu quarta-feira (27), contou com a presença do Secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Ivan Júnior, do Deputado Estadual Nelter Queiroz, vereadores, secretários municipais, o Coordenador do PAD/RN, Ranielle Linhares e representantes de associações e sindicatos.

O dessalinizador, implantado pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), está inserido na primeira etapa Programa Água Doce (PAD), que foi encerrada beneficiando cerca de 20 mil pessoas de 38 cidades. Com investimento de R$ 120 mil, a tecnologia entregue em Panon II também vai atender famílias que vivem no entorno da comunidade.

O Secretário Ivan Júnior ressalta que a implantação dos sistemas exerce uma influência direta na melhoria da qualidade de vida das pessoas, diminuindo, além da sede, as doenças causadas pela água. “Mesmo enfrentando uma crise financeira, a meta do Governador Robinson Faria é avançar mais e ampliar ações como esta, que promovem saúde, qualidade de vida, dignidade” disse Ivan.

A Semarh finalizou recentemente mais de 70 diagnósticos técnicos e sociais para escolha das 35 comuniadades que serão beneficiadas na segunda etapa do Programa. “Mantemos um contato estreito com a Coordenação Nacional do PAD a fim de inserirmos mais comunidades e municípios nessa próxima etapa. Como nosso desempenho foi muito bem avaliado, nossa chance é enorme” frisa Ranielle.

PROGRAMA ÁGUA DOCE

O PAD é uma ação do governo federal, coordenado pelo MMA com o objetivo de estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de boa qualidade para consumo humano, por meio da implantação de dessalinizadores. Os equipamentos atendem aos municípios, tomando por base o critério adotado pelo MMA, que corresponde ao Índice de Condições de Acesso à Água (ICCA). Esse índice leva em consideração fatores como a distribuição das chuvas (pluviometria), o nível de pobreza, taxa de mortalidade infantil e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

NO RN

Um convênio firmado entre o MMA e o Governo do RN, através da Semarh, no valor de R$ 19,9 milhões, tem como meta a implantação, recuperação e gestão de 103 sistemas de dessalinização em comunidades rurais do semiárido potiguar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: