fbpx

‘Me chama de companheiro’, diz Lula a Alckmin, indicado para ser vice

O ex-presidente Lula (PT) elogiou o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) e pediu a ele que o chame de “companheiro” daqui para frente, no encontro que tinha como objetivo selar a aliança para a eleição presidencial entre PT e PSB. “Companheiro” é o termo usado por Lula ao se referir a aliados políticos.

A reunião ocorreu em um hotel da zona sul de São Paulo hoje (8) pela manhã. Uma carta, assinada pelo presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e endereçada a Lula e à presidente do PT, Gleisi Hoffman, oficializou a indicação. Os dois falaram brevemente.

Daqui pra frente, você não pode ser mais tratado como ‘ex-governador’. Eu não posso ser mais tratado como ‘ex-presidente’. Você me chama de ‘companheiro Lula’ e eu te chamo de ‘companheiro Alckmin’. E fica tudo certo. Eu tenho certeza de que o Partido dos Trabalhadores irá aprovar o seu nome como candidato a vice. Eu, pessoalmente, quero dizer que já fui adversário do Alckmin, já fui adversário do [José] Serra, já fui adversário do FHC. E nunca nos desrespeitamos. Nunca nos deixamos de nos tratar de forma civilizada.”Lula para Alckmin.

Agora, o PT dá sequência às reuniões burocráticas para formalizar a aliança com Alckmin:

No próximo dia 14 de abril, o encontro do diretório nacional do PT irá indicar o apoio à chapa de Lula com Alckmin em uma votação dos 97 membros, de forma virtual.
Nos dias 4 e 5 de junho, em reunião final, um encontro nacional do PT irá aprovar, finalmente, o nome de Alckmin como vice.
A chapa deve ser anunciada até o fim das convenções partidárias, no fim do mês de julho.

Com informações da UOL.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: