fbpx

Meta do governo Lula é acabar com IPI na reforma tributária, afirma Geraldo Alckmin

O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB), que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, disse nesta segunda-feira (16), durante evento na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que uma das metas da reforma trabalhista é acabar com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

“O tema está bastante discutido, você tem duas PECs no Congresso Nacional, ambas convergindo para a simplificação. Foi mantida a redução de 35% do IPI, mas a próxima meta é acabar com o IPI, e a maneira de acabar é com a reforma tributária, para ter o Imposto de Valor Agregado (IVA)”, afirmou.

O objetivo é trocar o IPI pelo IVA. Alckmin participou do primeiro encontro da direção da Fiesp neste ano a convite de Josué Gomes da Silva, presidente da federação. O tema do encontro foi a reindustrialização do país.

O vice-presidente disse ainda que o Brasil não cresce por falta de produtividade e afirmou que quer aumentar a competitividade com outros países a partir de:

  • Desburocratização;
  • Acordos internacionais;
  • Redução de juros básicos;
  • Investimentos em inovação;
  • Logística;
  • Reforma tributária.

Alckmin informou também que o governo federal não pretende revogar nem a reforma trabalhista nem a da Previdência.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: