Ministério Público combate farra de gastança com combustível na Prefeitura de Ipanguaçu

Prefeito Valderedo pode ser processado se não cumprir determinação do MP

Para combater a farra da gastança com combustível na Prefeitura de Ipanguaçu, o Ministério Público quer que o prefeito Valderedo Bertoldo, promova, de ofício, a disponibilização mensal no Portal da Transparência do município de Ipanguaçu/RN, em local de fácil acesso e visualização no sistema informatizado de que dispõe, dividido por meses e anos, as informações completas sobre os gastos com abastecimento de veículos oficiais.

O promotor de Justiça Eugênio Carvalho Ribeiro, solicita ainda ao prefeito Valderedo Bertoldo, que adote, como novo talão de abastecimento da Prefeitura Municipal de Ipanguaçu/RN, um que seja preenchido com as seguintes informações: data, veículo/placa, tipo de combustível, litros, valor em reais, hodômetro do veículo e assinatura do motorista.

O MP quer que não seja permitido o abastecimento de veículo particular ou de veículo oficial (próprio ou locado) que não esteja servindo a interesse público e que não se permita o abastecimento de veículo cujo hodômetro esteja quebrado ou não efetue o devido registro de quilometragem percorrida.

O prefeito Valderedo tem um prazo de 20 dias, para que diligencie no sentido de não permitir a destruição e o descarte dos documentos comprobatórios de abastecimento de veículos oficiais (próprios ou locados) custeados pelo erário municipal, especificamente as notas de abastecimento.

E por fim, diz o MP que o não atendimento poderá ocasionar a responsabilização do prefeito Valderedo Bertoldo pela prática de ato de improbidade administrativa, além de eventual infração penal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: