Ministro de Minas e Energia avisa ao PSB que continua no cargo

Após informar ao Palácio do Planalto que continuaria no cargo, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho FIlho, enviou uma carta, nesta terça-feira, confirmando ao seu partido, o PSB, que decidiu continuar no no comando da pasta.

O PSB decidiu desembarcar da base aliada do governo do presidente Michel Temer, após as revelações da delação da JBS e cobra a saída do ministro.

Com essa decisão, dirigentes da legendas, ouvidos pelo GLOBO, pediram ao ministro que deixe o partido. Coelho Filho ainda não se decidiu sobre isso. A legenda deve abrir processo disciplinar no Conselho de Ética, que pode culminar com a sua expulsão do partido. Coelho Filho é deputado federal licenciado.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: