fbpx

Modelo de abandono administrativo provoca três baixas na equipe do prefeito do Assú

Sérgio Rocha diz que não concorda com o modelo de abandono administrativo do prefeito Gustavo Soares

O modelo administrativo do governo do prefeito Gustavo Soares, que vem deixando a cidade do Assú abandonada, está desagradando a gregos e troianos. Pelo menos três aliados políticos que comandavam a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da prefeitura de Assú, abandonaram o barco do clã dos Soares.

O primeiro a deixar a equipe por insatisfação foi o então secretário Luiz da Funerária, o agente de desenvolvimento Walisson Farias deixou posteriormente o cargo e por ultimo, o  ex-secretário adjunto Sérgio Rocha.

Ontem, segundo o blogueiro Samuel Nário,  o ex-secretário Sérgio Rocha – que pediu e foi exonerado do cargo ontem -, participou do programa Caminhos do Desenvolvimento, na rádio Princesa do Vale, quando afirmou: “Eu não estou concordando com o modelo de administração da gestão prefeito Gustavo Montenegro Soares] atual”. E mais: “As promessas de campanha não estão sendo cumpridas”.

O desgoverno do governo do irmão do deputado estadual George Soares, foi criticado por Sérgio Rocha. Ele opinou que “está na hora de se criar uma nova via política em Assú” e que “tem que colocar a cidade em primeiro plano”.

Sérgio Rocha disse ainda que falta incentivo do poder público ao pequeno e médio produtor rural. Para ele, as horas de trator disponibilizadas pela prefeitura de Assú é muito pouco para o agricultor. Na opinião dele, as vezes é preferível pagar do que receber esse serviço via executivo municipal.

Sérgio Rocha deixou de apoiar a reeleição do deputado George Soares para abraçar o projeto político do empresário de Mossoró Jorge do Rosário para deputado estadual agora nas eleições de outubro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: