MOSSORÓ: Polícia acredita que homicídios registrados nas últimas horas estejam relacionados

Mossoró registrou entre a noite de sexta-feira, 27, e a manhã deste sábado, 28, cinco homicídios. A polícia acredita que as mortes estejam relacionadas e tenham a mesma motivação. O delegado de plantão Dr. Roberto Moura conversou com a imprensa no local e descartou que os crimes sejam uma chacina.

A matança começou na Rua Neco Rodrigues. Reginaldo Fernandes Pimenta, 37 anos, e Pedro Henrique Padre Basílio, de 14 anos, foram assassinados dentro de casa. Thubila, como era mais conhecido Reginaldo, morreu vítima de disparos de arma de fogo. O adolescente, que era enteado de Reginaldo, foi morto a tiros e golpes de faca peixeira nos fundos da residência.

Ainda neste ataque Matheus Matheus Silva, enteado de Thubila, levou vários tiros e foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã deste sábado na unidade hospitalar.

Já nesta manhã dois corpos parcialmente carbonizados e com as mãos amarradas foram encontrados em uma estrada carroçável no Assentamento Frei Damião, as margens da BR 110, entre Mossoró e Upanema. Eles estavam com as mãos amarradas para trás e amordaçadas, uma com pano e com um cinto amarrado em volta da boca e a outra com uma fita plástica.A identidade dos jovens ainda foi revelada.

A policia recebeu informações, mas não confirmou oficialmente, que uma das vitimas encontradas hoje, na zona rural, seria enteado de Thubila e outro jovem amigo dele. A dupla teria sido raptado no final da tarde de ontem para entregar o endereço onde Thubila estaria morando atualmente. Depois que conseguiram, os matadores espancaram muito os dois e os mataram com requintes de crueldade.

Segundo O Câmera, todos os mortos pertenciam a um grupo criminoso conhecido como “Os Caveiras”, radicado no bairro Belo Horizonte, e tem como característica o símbolo de uma caveira tatuadas no lado esquerdo do peito.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: