MP deve ficar de olho nos recursos do COVID em troca de votos no Vale do Açu

Segundo se comenta nos bastidores da política na região do Vale do Açu, tem prefeito de olho grande nos recursos que estão chegando para uso exclusivo de ações de combate ao novo corona vírus, mas não para serem investidos com essa finalidade, e sim, para comprar votos e aliados, visando as eleições de 2020, negociando com um partido.

O Ministério Público Eleitoral e outros órgãos estão de olho na utilização dos recursos do COVID-19, para membros do MP, em muitas cidades do país, os gestores em sua maioria, escolhem dar preferência às pessoas que votaram nele e em outros casos, usam o dinheiro em troca de votos, ou seja, em benefício próprio, o que é proibido.

E no Vale do Açu não seria diferente, o bafafá é grande na região, pois dizem que tem prefeito negociando com um partido e fazendo a festa com cargos comissionados e contratos, além de usarem os recursos de forma politiqueira, supostamente beneficiando aliados e fazendo a gastança com os recursos públicos.

As consequências de atos desse porte, se confirmados, podem ser entendidos como atos ilicitos, condutas vedadas aos agentes públicos, que se acham acima da lei, e pior, acima do povo, pois os recursos que estão vindo devem ter a finalidade exclusiva de combater o novo corona vírus, e ajudar a população com melhorias significativamente na saúde.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: