fbpx

MP Eleitoral diz que existe indícios de fraude na frequência dos servidores da terceirizados da Prefeitura de Ipanguaçu

O prefeito de Ipanguaçu Valderedo Bertoldo, conhecido por trocar serviços em troca de apoio, como já fez com seu pupilo, Franklin Marques que era comissionado no gabinete do deputado estadual George Soares, e parece que o MP eleitoral encontrou fortes indícios de que o prefeito fazia a troca de cargo em favor de votos.

Em documentos anexados como prova pelo MP eleitoral, diz que foram encontrados diversos indicativos de que havia uma simulação do preenchimento desses documentos, como, em sua maioria, horários com pontualidade britânica de entrada e saída, papel sem sujeira ou marcas de uso, mesma caneta e uso de corretivo para apagar horários e assinaturas. Além disso, consta nos autos que a empresa Leandro F Tomé terceirizou um total de 180 servidores para o município.

O promotor Eugenio deixa claro em sua denúncia, que não há duvidas de que as contratações serviam somente ao projeto politico de reeleição do prefeito Valderedo. No final das contas, a maioria da população demonstrou que não queria mais Valderedo como prefeito, e com a denúncia robusta do MP eleitoral pedindo cassação, os ipanguassuenses se animam para uma possível nova eleição.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: