MPRN abre seleção para assessor jurídico ministerial com remuneração de quase R$ 7 mil

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) abriu seleção para o cargo de Assessor Jurídico Ministerial para a Promotoria de Justiça de Cruzeta. A remuneração é de R$ 6.274,66 mais os benefícios de auxílio-alimentação e auxílio-saúde. Os currículos serão recebidos até a sexta-feira, dia 12 de janeiro de 2024, e o candidato poderá acompanhar a seleção AQUI.

A seleção é voltada para profissionais com nível superior em Direito. Entre as atividades previstas para o selecionado estão: realizar atividades de nível superior, fornecendo auxílio jurídico/operacional ao exercício das funções do órgão do Ministério Público; elaborar minutas de atos em processos administrativos e de apoio a peças jurídicas e administrativas; e analisar e pesquisar legislação, doutrina e jurisprudência; dentre outras.

O perfil desejável para o cargo inclui atuação como Estagiário de Pós Graduação (MP Residente) ou de Assessoria no Ministério Público, experiência efetiva com procedimentos extrajudiciais no âmbito do Ministério Público e afinidade com as seguintes matérias: Patrimônio Público, Direito Processual Civil, Infância e Juventude, Direito Penal e Direito Processual Penal.

O cargo oferecido é classificado como público de provimento em comissão, de livre nomeação e exoneração pela Procuradoria Geral de Justiça. A carga horária é de 40 horas semanais, sendo o horário de trabalho de segunda a quinta-feira das 8h às 17h e nas sextas, das 8h às 14h, presencial.

O recebimento de currículos ocorrerá exclusivamente por LINK. A previsão é que o resultado final seja divulgado no dia 19 de janeiro. Outras informações sobre o andamento do processo seletivo podem ser obtidas através através da Central de Informação ao Cidadão (84) 99972-2389 ou portal do MPRN.

*Justiça Potiguar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.