Na Noruega protesto contra a política ambiental do governo Temer

POR FERNANDO EICHENBERG,  O GLOBO

A primeira-ministra da Noruega Erna Solberg elogiou as mudanças da legislação na área de energia no Brasil, mas se disse preocupada com movimentos no Brasil para “reduzir a força favorável ao meio ambiente” no país, e confirmou a redução da contribuição da Noruega ao Fundo da Amazônia, por causa do aumento do desmatamento na região no anoa passado.

— Haverá menos recursos (da Noruega para o Fundo) em 2017, por isso nossa preocupação com o desmatamento. Esperemos que volte a tendência de preservação, pois o clima é o maior desafio para o mundo.

Temer disse que o Brasil tem feito um esforço para evitar o desmatamento, e citou os recentes vetos de duas Medidas Provisórias (756 e 758) acusadas de reduzir áreas de preservação ambiental, e minimizou a redução da contribuição da Noruega para o Fundo da Amazônia, argumentando que os “certos aspectos da decisão poderão ser revisados” pelos noruegueses.

Do lado de fora do encontro, houve protesto contra a política ambiental do governo Temer. Entre os manifestantes estava Sônia Guajajara, líder da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), que criticou as declarações do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, que culpou o governo de Dilma Rousseff pelo aumento do desmatamento.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: