Nelter Queiroz volta a criticar transferência do delegado de Caicó

O deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) voltou a criticar, na sessão desta terça-feira (26), a transferência do delegado da Polícia Civil, Leonardo Germano, de Caicó para a cidade de Mossoró. Nelter afirmou que a população do município vem repercutindo negativamente nas redes sociais, a decisão do governo do Estado, justificando que a saída do policial de Caicó poderá prejudicar alguns processos em andamento.

“São crimes que aconteceram e o delegado estava na investigação”, disse Nelter Queiroz, citando casos ocorridos em Caicó, em que suspeitos, inclusive, chegaram a ser presos. “A transferência do delegado pode travar esses inquéritos”, alertou o parlamentar, acrescentando que em alguns crimes, familiares de vítimas “perdem a esperança na conclusão do caso”.

Nelter comentou ainda a substituição do delegado Leonardo Germano, pelo delegado André, que atuava em Mossoró e passou a ocupar a função em Caicó. “O delegado André tem um filho que precisa de cuidados especiais e não pode ficar em Caicó, então ele vai ser delegado em Caicó morando em Mossoró”, disse Nelter, explicando que a cidade do Seridó não dispõe do tratamento que o filho do delegado necessita.

O deputado Nelter Queiroz comentou ainda, na sessão desta terça-feira, apelo dos vereadores e da população de Cerro-Corá, sobre a questão do saneamento. O deputado ressaltou que obras realizadas pelo ex-governador Robinson Faria (PSD) deixaram Cerro-Corá 80% saneada, porém, a taxa de esgoto subiu 70%, passando o pagamento mínimo das contas, de R$ 43,00 para R$ 73,00. Nelter afirmou que tem morador do município pagando até R$ 600,00 de conta de água. “Um verdadeiro absurdo”, disse o parlamentar, fazendo um apelo ao presidente da Caern para encontrar uma forma de reverter essa situação.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: