Novo ministro da Justiça diz que vai estudar mudanças na PF

Torquato Jardim tomou posse nesta quarta-feira no cargo

POR RENATA MARIZ E EDUARDO BARRETTO – O Globo

Logo após ser empossado nesta quarta-feira, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, não descartou trocas na Polícia Federal, assegurando, no entanto, que a Operação Lava-Jato vai continuar. Ele afirmou que conversará com o atual diretor-geral da PF, Leandro Daiello, e com associações de servidores da instituição para decidir sobre substituições.

– O Brasil é institucional. Não é caudilhesco, nem personalista. Seja quem for na PF, a investigação continuará. Não depende de pessoas, é institucional – afirmou Torquato, acrescentando:

– (Lava-Jato) não é mais coisa de governo, nem de Ministério Público, de Judiciário. É uma demanda de Estado, da sociedade civil, da sociedade brasileira.

O ministro chegou a cogitar um prazo de três meses para avaliar mudanças no ministério, incluindo a PF, mas depois, questionado, tergiversou sobre datas para mudanças. Afirmou que, da mesma forma como fez no Ministério da Transparência, conversará com os servidores de todas as instâncias antes de efetivar mudanças.

Um pouco antes, no discurso de posse, Torquato disse que é preciso construir com diálogo uma “união nacional e social”. Ele enfatizou que buscará caminhos nas lições do passado e nas demandas da contemporaneidade:

— Esse é o grande desafio de qualquer Estado: construir mediante diálogo com a sociedade civil mecanismos de união nacional e união social — afirmou Jardim.

Sem mencionar pontos delicados, como a condução da PF, o ministro falou sobre tópicos gerais que pretende trabalhar na pasta da Justiça, tais como o sistema prisional, a política de drogas e a questão indígena.

— Sem ódio e sem discriminação, um ou outro são hoje barreiras do atraso que retardam a construção do bem comum — disse.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: