Nuilson, o Pavão: a bola da vez dos Soares para 2020

Nuilson, amigo de confiança do cacique e pajé Ronaldo Soares, é o escolhido para prefeito do Assu nas eleições de 2020

Com a desistência do chefete da centenária oligarquia e atual prefeito do Assú Gustavo Soares, de disputar a reeleição para a Prefeitura do Assú nas eleições de 2020, o super secretário Nuilson Pinto de Medeiros, vulgo Pavão, é o nome escolhido pelo cacique do clã dos Soares para se manter no comando do executivo municipal.

Apesar de responder a processo por improbidade administrativa e peculato como réu na Justiça do Assú, acusado da prática de falcatruas e corrupção pelo Ministério Público –  Nuilson, o Pavão, é integrante da antiga patota do líder, cacique e pajé Ronaldo Soares, pai do deputado estadual George Soares e do prefeito Gustavo Soares, ambos do PR.

A relação política incestuosa do super secretário Nuilson Pinto, com o manda-chuva dos Soares, já é antiga. Desde de 2010, ele emplacou a sua esposa Marly Medeiros, como chefe de gabinete do chefe da centenário clá e deputado estadual George Soares, com salário mensal aproximadamente de R$ 15 mil.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: