fbpx

Pacientes psiquiátricos esperam mais de 8 horas em dia de retomada de distribuição de medicação pelo SUS no RN

Pacientes que passaram cerca de dois meses sem acesso a remédios psiquiátricos de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde enfrentaram cerca de oito horas de espera, nesta terça-feira (2), para receber os medicamentos, em Natal. Alguns dos pacientes ainda voltaram para casa sem os fármacos.

A retomada da distribuição dos medicamentos no Hospital João Machado e na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) gerou alta procura e a espera regou reclamações.

“Cheguei aqui de manhã, desde às 9h40, recebi a ficha, mas não estou levando a medicação. Mandaram voltar na sexta para pode receber. Estou sem tomar o remédio, tenho crise depressiva, tenho transtorno de bipolaridade, preciso da medicação, e só uma caixa custa R$ 260”, afirmou a paciente Naiara Gomes.

Ela só foi informada que não receberia o remédio por volta das 17h.

Mãe de um paciente esquizofrênico, Regina Célia da Silva disse que precisou pegar dinheiro emprestado para poder comprar a medicação para o filho, durante o período em que não houve fornecimento.

“Uma caixa só dá para 15 dias e custa R$ 135”, diz.

Medicamentos como Olanzapina e Quetiapina têm algo custo. São remédios para tratamento de doenças psiquiátricas como depressão, esquizofrenia e bipolaridade.

Cerca de 3.600 pacientes recebem os medicamentos mensalmente no Rio Grande do Norte, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesap).

Parte dos pacientes chegou ao Hospital João Machado na manhã de terça-feira (2), mas ainda não tinha recebido a medicação às 17h. Eles reclamavam da desorganização da farmácia da unidade de saúde.

A situação da falta dos medicamentos é registrada desde junho. Na época, a Sesap informou que a compra dos medicamentos era responsabilidade do Ministério da Saúde.

Muitos pacientes chegaram a trocar dosagem ou receber doações de parentes e vizinhos quando não conseguiam comprar por conta própria.

Em nota, a Unicat informou que recebeu a Olanzapina 5mg, que vem sendo distribuída para todos os usuários que estão cadastrados no sistema para receber essa dosagem. São cadastrados na Unicat cerca de 3.600 pacientes para recebimento da Olanzapina 5mg e 10mg.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: