O que Zé Dirceu não pode fazer, segundo Moro

Ex-ministro da Casa Civil, condenado a 32 anos de prisão na Lava Jato, mas solto por ordem do Supremo, fica proibido de deixar o País, de ter contato com outros investigados, de deixar a cidade onde mora, além de se submeter ao uso ininterrupto da tornozeleira eletrônica

O juiz federal Sérgio Moro impôs uma série de medidas cautelares ao ex-ministro José Dirceu (Casa Civil/Governo Lula), condenado a 32 anos e um mês de prisão por corrupção e outros crimes, mas solto nesta terça-feira, 2, pelo Supremo Tribunal Federal.

Além de mandar colocar tornozeleira eletrônica no petista, para monitoramento ininterrupto, o magistrado o proibiu de deixar o País, de manter contato com outros investigados da Lava Jato e até de sair da cidade em que nos autos declarou residir, Vinhedo, no interior de São Paulo.

Já condenado em duas ações penais, o ex-ministro foi denunciado nesta terça-feira, 2, pela terceira vez. Agora, a força-tarefa do Ministério Público Federal atribui a Dirceu 33 crimes de lavagem de dinheiro. Ele também é alvo de outros cinco inquéritos da Polícia Federal. As informações são de O Estado de São Paulo.

Leia maisO que Zé Dirceu não pode fazer, segundo Moro

Moro quebra sigilo telefônico da secretária de Palocci

Força-tarefa da Lava Jato afirma que Rita de Cássia dos Santos ‘intermediava comunicações’ realizadas entre o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil e os executivos do Grupo Odebrecht

Julia Affonso e Ricardo Brandt – O Estado de São Paulo

O juiz federal Sérgio Moro decretou a quebra do sigilo telefônico de Rita de Cássia dos Santos, secretária do ex-ministro Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil/Governos Lula e Dilma), na Operação Lava Jato. O raio-X nas ligações da secretária foi requisitado pelo Ministério Público Federal, pega um largo período de quase dez anos – de 1.º de janeiro de 2008 a 5 de abril de 2017 – e alcança três linhas utilizadas por Rita.

Segundo a força-tarefa da Lava Jato, Rita de Cássia ‘intermediava as negociações dos executivos da Odebrecht com Antonio Palocci’. O objetivo da Procuradoria da República é ‘melhor identificar os diversos contatos realizados para as tratativas ilícitas registradas nos e-mails’.

Os investigadores identificaram a secretária ao resgatarem e-mail enviado pelo empreiteiro Marcelo Odebrecht pela secretária do executivo Darci.

Leia maisMoro quebra sigilo telefônico da secretária de Palocci

Lava Jato 40 prende três ex-gerentes da Petrobrás

Área de Gás e Energia da estatal petrolífera é o foco da 40ª fase da operação deflagrada nesta quinta-feira

Julia Affonso, Ricardo Brandt, O Estado de São Paulo

A fase 40 da Operação Lava Jato prendeu nesta quinta-feira, 4, três ex-gerentes da Petrobrás. A Polícia Federal, a pedido da força-tarefa do Ministério Público Federal no Paraná, cumpre mandados de prisão temporária, buscas e apreensão e condução coercitiva na Operação Asfixia.

O foco principal são três ex-gerentes da área de Gás e Energia da Petrobrás, suspeitos de receberem de mais de R$ 100 milhões em propinas de empreiteiras que eram contratadas pela estatal, além de operadores financeiros que utilizaram empresas de fachada para intermediar propina.

São investigados os crimes de fraude à licitação, corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, em mais de uma dezena de licitações de grande porte da Petrobrás, que foram fraudadas pelo grupo criminoso.

Leia maisLava Jato 40 prende três ex-gerentes da Petrobrás

CCJ do Senado amplia para 8 anos tempo de internação de menor infrator

Resultado de imagem para senado

Texto, que segue agora para a análise da Câmara dos Deputados, modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), ampliando para pessoas entre 18 e 26 anos as regras do estatuto. Atualmente, o limite é 21 anos de idade

Projeto aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado amplia de três para oito anos o tempo de internação do adolescente condenado por conduta descrita na legislação como crime hediondo. O texto, que segue agora para a análise da Câmara dos Deputados, modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), ampliando para pessoas entre 18 e 26 anos as regras do estatuto. Atualmente, o limite é 21 anos de idade.

A medida, aprovada nessa quarta-feira (3) em caráter terminativo, consta do substitutivo apresentado pelo senador José Pimentel (PT-CE), relator do Projeto de Lei 219 de 2013, de autoria do senador Aécio Neves (PSBD-MG). Para Pimentel, a atual redac a o do ECA não impõe punições “proporcionais” a s circunstâncias e a gravidade da infração cometida pelo adolescente infrator, nem as circunstâncias e as necessidades do jovem e da sociedade.

Ainda segundo o relator, o estatuto prevê “de forma genérica” a possibilidade de internação nos atos cometidos mediante violência e grave ameaça no cometimento de outras infrações graves, com período máximo de três anos e liberação compulsória aos 21 anos de idade. As informações são da Agência Brasil.

Leia maisCCJ do Senado amplia para 8 anos tempo de internação de menor infrator

Temer manda mais de R$ 374 mil para construção de praças e pavimentações de ruas em Assú

Com dinheiro do governo federal já depositado na conta, o prefeito Gustavo Soares deve começar obras, mas ainda demora para começar a trabalhar, enquanto a grana fica na aplicação financeira

O prefeito do Assú Gustavo Soares, do PR, não esta trabalhando por pura negligência e irresponsabilidade administrativa, mas deve começar a fazer algumas obras no município com dinheiro do governo Temer.  O governo através dos ministérios do Turismo e das Cidades, repassou no mês de março para os cofres da Prefeitura do Assú,um total de R$ 374.705,29 para a construção de uma praças e pavimentação.

Para a execução da obra da praça da Bernardo Vieira, no bairro São João, que custará um montante de R$ 195.000,00 o prefeito recebeu R$ 44.031,00. Já para a praça da comunidade de Casa Forte, ele embolsou R$ 47.472,75 e a obra custará um total de R$ 146.250,00. Para uma praça sem identificação da rua ou bairro, Gustavo já recebeu R$ 41.800,20 para uma obra que custará R$ 112.125,00.

Para as obras de pavimentação na cidade, o dinheiro depositado em março superou a quantia de mais de R$ 240 mil. A primeira foi no valor de R$ 109.249,30 e a segunda de R$ 132.152,04.

PF prende quatro em nova fase da operação Lava Jato

PF cumpre 16 mandados de busca e apreensão, dois de prisão preventiva, dois de prisão temporária e cinco de condução coercitiva no Rio, São Paulo e Minas

A Polícia Federal prendeu quatro suspeitos e cumpriu mandados de busca e apreensão e condução coercitiva nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais nesta quinta-feira. Os mandados foram cumpridos na 40ª fase da Operação Lava Jato, chamada de Operação Asfixia.

A ação tem como alvo empresas e seus respectivos sócios suspeitos de envolvimento em um esquema de repasses ilegais de empreiteiras para funcionários da Petrobras na obtenção de contratos.

O nome da fase (Asfixia) é uma referência à tentativa de cessar as fraudes e o desvio de recursos públicos em áreas da estatal destinadas à produção, distribuição e comercialização de gás combustível.

Leia maisPF prende quatro em nova fase da operação Lava Jato

Agentes penitenciários invadem comissão da reforma da Previdência

BRASILIA, DF, BRASIL, 03-05-2017, 18h00: Manifestação dos agentes penitenciário em frete ao anexo 3 da Câmara dos Deputados, em Brasília DF (Foto: Igo Estrela/Folhapress)

Manifestação de agentes penitenciários em frente à Câmara dos Deputados, antes da invasão

Um grupo de agentes penitenciários invadiu algumas áreas do Congresso Nacional, entre elas, a comissão especial que votava a reforma da Previdência na noite desta quarta-feira (3).

A sessão foi interrompida e só deve ser retomada na terça-feira (9). Antes, o presidente da comissão, Carlos Marun (PMDB-MS), quer discutir a questão de segurança da Casa.

“Esse tipo de situação não pode ser considerada uma coisa comum. Quero discutir a questão de segurança do Parlamento e temos que estudar em termos de legalidade o que aconteceu”, disse Marun. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

Leia maisAgentes penitenciários invadem comissão da reforma da Previdência

Moradores de mais oito municípios são beneficiados com programa Microcrédito

“Agora, com esta ajuda, tenho certeza de que vai dar tudo certo”. A frase otimista, dita pelo manicure e comerciante Ana Karina de Souza, 43, sintetiza bem o sentimento dos 600 empreendedores que, como ela, receberam, na tarde desta quarta-feira, 3, a ajuda do Governo do Estado por meio do programa Microcrédito.

Em solenidade conduzida pelo governador Robinson Faria, foram entregues cheques totalizando R$ 2 milhões em investimento a pequenos empresários formais e informais de oito municípios. O evento aconteceu no Complexo Educacional Severino Pacheco da Costa, em Goianinha.

Leia maisMoradores de mais oito municípios são beneficiados com programa Microcrédito

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: