fbpx

Beto propõe Lei de incentivo ao uso de energia limpa pelos transportes brasileiros

Exibindo DSC_0223.JPG

O deputado federal Beto Rosado (PP) apresentou o Projeto de Lei 7482/17, na Câmara dos Deputados, que visa melhorar a eficiência do uso de energia no Brasil, sobretudo nos transportes.

A Lei proposta por Beto prevê a criação de uma sistemática de planejamento de ações voltadas para a eficiência energética, a ser implantada pelo Governo Federal, com plano de metas, orientação e incentivos fiscais, principalmente para os transportes brasileiros.

Entre as medidas previstas estão o estimulo à implantação de meios de transporte de massa energeticamente eficientes; a racionalização do consumo de energia no setor de transportes, a ampliação da abrangência do Programa Brasileiro de Etiquetagem de Veículos – PBEV; a revisão periódica das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidentes sobre veículos; e a promoção de ações voltadas para a educação dos motoristas brasileiros com vistas à condução econômica.

Votação da reforma da Previdência pode ser adiada para 2º semestre

0

Além da pressão sobre ministros e líderes, o Palácio do Planalto começou a exonerar de cargos federais nos Estados afilhados políticos de deputados considerados “infiéis”

Os 37 integrantes da comissão especial da reforma da Previdência na Câmara votarão na terça-feira (9), os 11 destaques que podem modificar o texto principal do projeto apresentado pelo relator Arthur Oliveira Maia (PPS-BA). O presidente da comissão, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), classificou a invasão dos agentes penitenciários na sessão de quarta-feira (3), que acabou encerrando os debates, como uma “interrupção indevida” e afirmou que os deputados não podem ser “coagidos” por categorias. “Parlamentar não pode ter temor. Se tiver, está na atividade errada”, afirmou.

O conturbado cenário político em Brasília pode jogar a conclusão da votação da reforma da Previdência no Congresso para o segundo semestre deste ano, admitem lideranças da base aliada e interlocutores do governo. E a estratégia de condicionar a votação da reforma previdenciária na Câmara à apreciação da trabalhista pelo Senado pode retardar ainda mais o andamento.

“Só devemos aprovar a Previdência na Câmara depois da reforma trabalhista no Senado. Já conversei com o presidente (Michel Temer) sobre isso e ele achou a ideia boa. Estamos trabalhando nisso”, admitiu o deputado Beto Mansur (PRB-SP), um dos responsáveis por mapear os votos para a reforma. As informações são da Agência Estado.

Leia maisVotação da reforma da Previdência pode ser adiada para 2º semestre

“Governador Ivan Júnior vai ser candidato a deputado?”, pergunta George Soares a Robinson

Resultado de imagem para george soares deputado

Preocupado com a provável candidatura a deputado estadual do atual secretário de Meio ambiente e Recursos Hidricos, Ivan Júnior nas eleições do próximo ano, o deputado estadual George Soares, do PR, perguntou ontem três vezes ao governador Robinson Faria, durante a conversa se Ivan era candidato a deputado em 2018.

Robinson não disse que sim ou que não, apenas sorriu e não respondeu ao deputado George Soares que estava acompanhado do seu irmão e prefeito do Assú Gustavo Soares, e pretendem desembarcar no governo como novos aliados políticos.

Acordão de Gustavo e George Soares com Robinson, não prevê paz política com Ivan Júnior

O grande acordão político do prefeito do Assú Gustavo Soares e do deputado estadual do PR, George Soares, com o governador Robinson Faria, não prevê uma trégua política com o ex-prefeito e atual secretário Ivan Júnior, mas tudo indica que essa proposta de paz política pode ser concretizada pelos menos durante a campanha.

Governador Robinson articula grande acordão político no RN para sua reeleição

Resultado de imagem para robinson faria governador

O acórdão entre os caciques da política do Rio Grande do Norte que o atual governador Robinson Faria condenava na campanha eleitoral de 2014, pode ser reeditado em 2018, agora sob sua batuta e coordenação e os primeiros sinais dessa grande aliança começa por Assú, quando o governador pretende reunir no mesmo palanque, o prefeito Gustavo Soares, seu irmão e deputado George Soares e o atual secretário de Meio Ambiente Ivan Júnior.

A estratégia do governador é estender esse velho acordão político pelo interior dos municípios do Estado, unindo governistas e oposicionista em torno do seu projeto de reeleição. O PR do presidente estadual João Maia está praticamente fechado com Robinson nessa aliança para as eleições de 2018. O PSDB do deputado Rogério Marinho e pré-candidato a senador, é outra legenda que também está engajada nessa articulação com o apoio do tucano e presidente da Assembléia Ezequiel Ferreira.

Em Assú, George, Gustavo Soares e Ivan Júnior apoiam Robinson

O governador Robinson Faria está fechando o cerco na política do Assú. O prefeito Gustavo Soares e o deputado George Soares, ambos filiados ao PR estão em negociação para apoiar a reeleição do governador em 2018.

Com a futura chegada do atual prefeito do Assú e do deputado do PR, o governador que é apoiado pelo seu atual secretário de Meio ambiente e Recurso Hídricos e ex-prefeito Ivan Júnior, terá o apoio também das principais lideranças políticas da oposição na cidade ao seu projeto de reeleição.

O governador deve unir os principais adversários da política do município em torno do seu nome com Ivan Júnior, Gustavo e George Soares, no mesmo palanque.

Até fim de maio, podemos apresentar reforma para militares, diz Temer

temer

O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou na noite desta quinta-feira (4) em entrevista à RedeTV! que o governo enviará até o final de maio, “provavelmente”, uma proposta de reforma da Previdência para os militares. A definição foi feita em reunião com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, na terça-feira (2), afirmou.

Na entrevista gravada na terça, antes da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara, e veiculada na noite desta quinta-feira, o presidente afirmou que fará o possível para aprovar a proposta que está na Casa, mas que estará obediente às decisões da Câmara e do Senado. Ele disse ainda que o governo colocou “um pouco de açúcar” no texto ao fazer ajustes, mas que o remédio precisaria ser amargo e sem açúcar.

“Remédio amargo é aquele que cura, para o fígado, o estômago. Chá de boldo, e não botar açúcar. Até estamos dando um pouco de açúcar”, disse o peemedebista, ao falar da proposta. As informações da Agência Estado.

Leia maisAté fim de maio, podemos apresentar reforma para militares, diz Temer

Prefeito do Assú e deputado do PR acenam para aliança política com Robinson

O deputado estadual George Soares, botou o seu irmão ‘debaixo do braço’ e o levou para conversar com o governador Robinson Faria na manhã de ontem, acelerando assim, o processo de adesão ao projeto de embarque do PR ao Governo do Estado, sob o pretexto  de levar uma série de solicitações que representam ações de grande relevo para o município, de pleitos já anunciados pelo governador como hospital regional, rodoviária, recuperação da RN 016 e posto policial entre outras obras.

O encontro do deputado do PR e do prefeito do Assú com o governador para reivindicar obras para a cidade, na realidade, esconde o processo de negociação de adesão de George e Gustavo Soares, ao projeto de reeleição de Robinson Faria, como o Blog do VT, já havia anunciando anteriormente dessa aliança política para 2018, quando os dois irmãos estarão no palanque e pedindo votos para quem há bem pouco tempo, eles esculhambavam e cobravam do chefe do executivo estadual, o cumprimento da promessa de campanha de R$ 55 milhões de investimentos para Assú.

De Assú até a ponte Felipe Guerra, o prefeito do Assú e o deputado PR, sentam a pua no governador, acusando-o de vir somente a cidade para tirar foto e fazer promessas não cumpridas, desde a campanha de 2014, mas da ponte ate Natal, agora eles vão em busca de socorro com o pires na mão, para se aliar a Robinson Faria na campanha eleitoral do próximo ano.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: