Prefeito de Campo Grande tem 10 dias para rescindir contratos temporários

Resultado de imagem para Prefeito de Campo Grande/RN, MANOEL FERNANDES DE GÓIS VERAS

No lugar dos funcionários temporários, o prefeito Manoel Fernandes de Góis Veras deve ser nomeados os candidatos aprovados no último concurso público do Município

A Promotoria de Justiça da comarca de Campo Grande, região Oeste do estado, recomendou ao prefeito Manoel Fernandes de Góis Veras que rescinda, em 10 dias, os contratos de todos os servidores contratados em caráter temporário ou bolsistas, seja a qualquer título, que estejam efetivamente no exercício da função de motorista.

Para o lugar dos contratados temporariamente, a Prefeitura deve proceder a nomeação de todos os candidatos aprovados no último concurso do Município, obedecendo a ordem de classificação, de modo a preencher a carga horária estabelecida no edital do certame. Para visualizar documento, clique aqui.

Leia maisPrefeito de Campo Grande tem 10 dias para rescindir contratos temporários

Prefeito do Assú autoriza construção em troca de voto para o irmão George Soares

Depois de mandar embargar a construção de aproximadamente 15 quiosques em Assú, o prefeito Gustavo Soares, transformou a proibição em moeda eleitoral de negociação política para beneficiar o seu irmão e candidato a reeleição, deputado estadual do PR, George Soares.

Em troca de voto para George Soares, o prefeito já liberou um total de oito pontos comerciais nos logradouros públicos como Praça João Leônidas de Medeiros, Rua 16 de Outubro, Rua 24 de Junho e Rua Bernardo Vieira, depois de receber a confirmação do apoio eleitoral para o irmão.

O irmão do blogueiro de Assu, Mikael que aparece na foto acima e na campanha passada votou no candidato derrotado a prefeito Patrício Júnior, do PSD, recebeu a autorização do prefeito Gustavo Soares para construir um quiosque.

Após Mikael confirmar o apoio político a reeleição do irmão do gestor e tirar foto com deputado estadual George Soares juntamente com o prefeito Gustavo Soares, ontem foi reiniciada as obras do seu barraco.

Enquanto isso, os outros que não aceitam votar em George Soares continuam impedidos pelo prefeito de construírem seus quiosques.

Prefeito de Parnamirim deixa sujeira tomar conta do “aterro da praia”

Resultado de imagem para prefeito de parnamirim

Prefeito Rosano Taveira deve providenciar o recolhimento e destinação adequada de todos os resíduos sólidos existentes no chamado “aterro da praia”

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da Promotoria de Justiça de Nísia Floresta, recomendou à Prefeitura de Parnamirim, administrado pelo prefeito Rosano Taveira que providencie o recolhimento e destinação adequada de todos os resíduos sólidos existentes no terreno localizado às margens do rio Pium, proximidades da ponte RN-313 (no chamado “aterro da praia”). O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) averiguou que o Município depositou resíduos também em área que excede a abarcada pela autorização especial.

A pedido da Promotoria de Justiça de Nísia Floresta, o órgão identificou que o passivo existente no terreno é de responsabilidade da Prefeitura de Parnamirim, que utilizou o local para descarte de resíduos, inclusive de metralhas, porém não os recolheu, excedeu a área abrangida pela autorização e ainda não apresentou Plano de Desativação.

Leia maisPrefeito de Parnamirim deixa sujeira tomar conta do “aterro da praia”

Tribunal de Justiça recebe denúncia contra prefeito de Rio do Fogo

Imagem relacionada

Os desembargadores que integram o Pleno do Tribunal de Justiça do RN, por maioria de votos, receberam denúncia movida pelo Ministério Público contra o prefeito de Rio do Fogo, Laerte Ney de Paiva Fagundes, por suposta omissão ou demora no repasse de dados considerados indispensáveis para a propositura de uma Ação Civil Pública. O julgamento na Corte potiguar se relaciona a uma Ação Penal Originária.

Segundo o MP, em sete oportunidades, ao longo de mais de três anos, o prefeito omitiu dados técnicos requisitados, tendo sido dois ofícios requisitórios pessoalmente recebidos pelo denunciado e cinco por seus assistentes diretos, como secretária, chefe de gabinete e secretário de finanças. Alega ainda que o réu reconheceu sua assinatura nos respectivos ofícios, “portanto a omissão ficou configurada”.

Leia maisTribunal de Justiça recebe denúncia contra prefeito de Rio do Fogo

Justiça Federal libera propaganda da reforma da Previdência

ctv-bso-previdenciaaposentadoriawiltonjuniorestadao

O governo conseguiu derrubar a liminar que suspendia a publicidade da reforma da Previdência. A decisão é do presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, desembargador federal Hilton Queiroz, que atendeu aos argumentos da Advocacia-Geral da União (AGU).

Na decisão, o desembargador diz que a suspensão da propaganda configura “grave violação à ordem pública” e “ao princípio constitucional da separação de poderes”.

Para o presidente do TRF, a suspensão da propaganda por conta da liminar coloca em risco a ordem público-administrativa e vai contra “os interesses de toda a coletividade”. As informações são de O Estado de São Paulo.

País tem 904 mil na fila por cirurgia no SUS e espera chega a 12 anos

Ricardo Barros

Pelo menos 904 mil pessoas esperam por uma cirurgia eletiva – não urgente – no Sistema Único de Saúde (SUS). Parte desses pacientes aguarda o procedimento há mais de 10 anos. Isso é o que mostra levantamento inédito feito pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) com dados das secretarias da Saúde dos Estados e das capitais brasileiras obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação. A demora para realizar procedimentos, afirmam especialistas, pode agravar o quadro dos pacientes.

Segundo a entidade, o número de demandas represadas é provavelmente mais alto, já que somente 16 Estados e 10 capitais responderam. Há ainda a fila por procedimentos nos serviços de saúde federais.

O levantamento revela também que a quantidade de pessoas que aguardam cirurgia no sistema público é maior do que o medido pelo Ministério da Saúde. Em julho deste ano, a pasta divulgou a primeira lista única desse tipo de procedimento – antes disso, os números eram registrados só pelos Estados e municípios e nunca haviam sido centralizados. As informações são de  Fabiana Cambricoli, O Estado de S. Paulo .

Leia maisPaís tem 904 mil na fila por cirurgia no SUS e espera chega a 12 anos

PTB filia empresários chineses para atrair simpatia da comunidade

Posse do novo presidente do PTB Oriental, Fernando Zhu Xuanchu, proprietário de um daqueles shoppings de eletrônicos na avenida Paulista, que também contou com a presença do deputado estadual Campos Machado, presidente do diretório paulista do partido. Comerciantes coreanos e chineses têm cada vez mais se filiado ao grupo PTB Oriental (ala do partido foi criado pela comunidade japonesa, para ajudar os dekasseguis)

O empresário Fernando Zhu Xuanchu tentava acompanhar todos os versos do Hino Nacional brasileiro na noite da última segunda (27). Seguiu boa parte da letra –não com a mesma desenvoltura com que cantou o hino da China, país onde nasceu em 1982.

Zhu Xuanchu acaba de se filiar ao PTB para fazer a sigla falar nas duas línguas. Naquela noite, ele reservou para o partido o segundo andar de um de seus dois shoppings na avenida Paulista, onde estandes oferecem importados por uma fração do que custam no centro comercial do outro lado da rua.

Naquela data, a sigla comemorava a posse do chinês como novo presidente do PTB Oriental. A ala tem uma centena de filiados e nasceu em 2011, criada por japoneses que buscavam apoio político para ajudar decasséguis (imigrantes brasileiros no Japão).

Com Zhu Xuanchu no comando do grupo, a sigla busca a simpatia de uma comunidade de cerca de 250 mil chineses em São Paulo que, diz o empresário, não se veem atendidos pela política. As informações são de  GABRIELA SÁ PESSOA, Folha de São Paulo.

Leia maisPTB filia empresários chineses para atrair simpatia da comunidade

Torcedor precisa poupar R$ 700 por mês até a Copa na Rússia só para voo e hotel

Como foi o sorteio de grupos da Copa de 2018

Os apaixonados por futebol que pretendem ir à Rússia acompanhar o maior evento futebolístico do mundo precisam começar a poupar, no melhor dos cenários, ao menos R$ 700 por mês.

A conta não engloba os gastos com ingressos, alimentação e transporte entre as cidades das partidas.

Este cenário também demanda dedicação. O torcedor terá que garimpar opções mais baratas de passagem aérea e hospedagem para o período do Mundial –de preferência, o quanto antes, pois a expectativa é que os preços subam conforme se aproxima a data de início do evento, em 14 de junho.

“Não tem milagre, mas é melhor planejar agora do que no mês que vem. A única coisa que não recomendamos, obviamente, é tomar empréstimo para viajar”, diz Daniel Mazza, planejador financeiro da associação Planejar.

O cuidado principal deve ser tentar pagar tudo até a viagem. “Normalmente, as pessoas viajam com quase nada e voltam cheias de dívidas. O planejamento é para que a pessoa adeque seu orçamento e viaje com tudo resolvido”, afirma Mazza.

Leia maisTorcedor precisa poupar R$ 700 por mês até a Copa na Rússia só para voo e hotel

Investigação faz juízes acusarem CNJ de ‘seletividade’ em processos

Juiz Rubens Casara discursa em protesto contra o impeachment de Dilma, em 2016, no Rio

Juiz Rubens Casara discursa em protesto contra o impeachment de Dilma, em 2016, no Rio

Uma investigação contra quatro juízes que subiram num carro de som no ano passado para criticar o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff fez o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) virar alvo de críticas de outros magistrados, de advogados e de políticos.

Eles reclamam que o conselho foi “seletivo” com os juízes, que foram apelidados de “os quatro de Copacabana” por entidades que os defendem. A principal acusação é de que não houve o mesmo tratamento do CNJ a quem se posicionou contra Dilma.

Procurado pela reportagem, o conselho não se posicionou sobre as críticas.

A manifestação que motivou a abertura do procedimento aconteceu em 17 de abril de 2016, na zona sul do Rio, organizada pela produtora de funk Furacão 2000 e por movimentos de esquerda.

Os conselheiros entenderam que é necessário apurar se houve atividade político-partidária por parte do quarteto, conduta vedada a magistrados. A defesa dos quatro juízes nega a acusação. As informações são de  JOSÉ MARQUES, Folha de São Paulo.

Leia maisInvestigação faz juízes acusarem CNJ de ‘seletividade’ em processos

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: