Página do TSE não informou que eleitor de Assú falecido estava com título cancelado em pesquisa por Certidão Eleitoral

O Blog do VT quando publica matérias, tem o cuidado e o respeito pelo seu leitor, de checar as informações antes de divulgar, por isso, não postamos fake News e nem matérias falsas. Para isso, vamos explicar porque publicamos matérias falando que até os mortos podem ter votado em Assú.

Na página do TSE até dia 23/11/2020, não havia nada no site de pesquisa de quitação eleitoral que indicasse que o eleitor que faleceu estivesse com título cancelado ou coisa do tipo, pois fizemos a pesquisa com alguém que faleceu e só aparecia a mensagem “De acordo com o calendário eleitoral, a emissão de quitação está suspensa até 13/12/2020”.

Essa explicação no site não bate com a informação divulgada pelo TRE de Assú que afirma que quem morre tem seu título cancelado. Se fosse assim, teria sido informado isso na pesquisa eleitoral, já que digitamos o título da pessoa que faleceu, juntamente com nome da mãe e do pai.

E para que chegássemos a esse pensamento de suspeita, recebemos de uma cidadã, a informação de que alguém foi em sua casa, se dizendo do TRE, recolhendo o título de seu marido, e ainda nos mostrou a imagem do carro não muito nítida em sua casa nesse dia. Ainda segundo ela nos informou, se dirigiu ao Cartório, e apenas disseram que o TRE não recolhia títulos de mortos, e mais nada.

Após as eleições, com a falta de biometria como comprovação de que o eleitor era mesmo o eleitor, o Blog decidiu pesquisar diante de outras reclamações, aí foi quando vimos que no site do TSE deixava indícios de que o título ainda estava ativo, por isso fizemos a matéria.

O Blog do VT reafirma seu compromisso de que não divulga informações falsas, e mostra diante desses fatos aqui relatados, se alguém aqui faltou com informações foi o site do TSE, e não o blog, pois sustentamos o que dissemos embasados em pesquisas feitas.

E para provar, fizemos a mesma pesquisa feita em 23/11/2020 e incrivelmente hoje aparece a mensagem “Os dados informados (nome e data nascimento) não conferem com aqueles constantes no Cadastro Eleitoral”. Isso sim é estranho, pois há poucos dias antes da publicação essa informação não estava no site.

E tem mais, quando alguém achar que o Blog publica matéria com conteúdo duvidoso, pode nos enviar e-mail e faça sua defesa, porque por estarmos cientes da veracidade dos dados que publicamos, colocaremos as alegações enviadas e ainda vamos confrontar com os fatos que nos levaram a divulgar determinada situação.

Aqui, tudo que é divulgado tem embasamento, o blog do VT sempre tem compromisso com a verdade e lamenta a conduta do cartório eleitoral de Assú, em informar que a matéria veiculado pelo blog é fake News.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: