Painel reúne mulheres para troca de experiências e capacitação em empreendedorismo

O empreendedorismo feminino foi tema central de debate na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, na tarde desta quarta-feira (29). O mandato da deputada Cristiane Dantas (Solidariedade), em parceria com o projeto Ellas em Movimento, reuniu especialistas e exemplos de sucesso no empreendedorismo feminino para dividir experiências com as mulheres que estiveram no auditório do Palácio José Augusto, participando do “1º Painel da Empreendedora: Mulher, o espaço também é nosso!”.“O empreendedorismo feminino faz toda diferença na sociedade e e precisamos incentivá-las. Através desse painel, pudemos trazer experiências, cases de sucesso, histórias que podem incentivar as mulheres a empreender. Não é fácil, mas é possível”, explicou Cristiane Dantas.Segundo a coordenadora do Ellas em Movimento, Débora de Castro, o projeto foi criado para educar, levar voz e empoderar mulheres. Agradecendo pelo espaço dado por Cristiane Dantas e pelo Legislativo, ela disse que as ações realizadas no painel podem colaborar decisivamente na decisão de empreender e também de dar longevidade aos negócios.“Trouxemos educadoras financeiras, expondo formas de se conseguir crédito e para falar sobre as partes financeira e emocional necessárias para trilhar esse caminho difícil, que é empreender”, explicou. “A sonoridade, empatia e ideia de que todos precisam se apoiar são pontos base do movimento. O que desejamos é trilhar caminhos através dessa rede de apoio e através da educação”, completou.Uma das empreendedoras que dividiu sua experiência com as demais foi a proprietária da TV Ponta Negra, Miriam de Sousa. Há 36 anos com a emissora, ela falou sobre as dificuldades e dividiu a bagagem que acumulou também vendendo produtos de limpeza de porta em porta.“Não é fácil. Temos uma cultura machista e, graças a Deus, nós desafiamos e conseguimos manter a TV há 27 anos sem Carlos Alberto. Conseguimos, nós quatro (ela e as três filhas: Micarla, Priscila e Rose), manter a estrutura com muito trabalho. Nada é impossível quando a gente tem foco, coragem e determinação”, disse Miriam de Sousa. Como dica às empreendedoras, Miriam de Sousa foi enfática: persistir. “Para a mulher é mais difícil (empreender), mas sabemos a força e coragem que temos. Não baixamos a cabeça por qualquer coisa. Quanto mais dificuldade, mais nós desafiamos e avançamos”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.